Os 25 Melhores Livros Infantis

Todos nós sabemos que as crianças vivem em um mundo mágico onde tudo pode ser transformado em uma verdadeira festa.

Para que a criança se desenvolva da melhor forma possível, a leitura já na primeira infância é altamente recomendada por especialistas das mais diversas áreas da saúde.

Ao criar o hábito de ler nas crianças, elas se comunicam melhor, possuem mais criatividade e enxergam melhor o mundo e o ambiente que as cercam.

E para ajudar você a desenvolver o prazer pela leitura nos pequeninos que estão ao seu redor, vamos mostrar a seguir uma lista que fala sobre os melhores livros infantis para instigar as crianças a ler mais!

Gostou da nossa lista de literatura infantil?

Curtiu a seleção de livros que separamos para você? Não deixe de conhecer mais sobre as obras citadas, você não vai se arrepender de apresentar essas leituras para as crianças!

1. Este é o lobo, de Alexandre Rampazo

livro este e o lobo

Alexandre Rampazo é um escritor e um dos melhores ilustradores brasileiros, altamente premiado tanto pelas incríveis histórias quanto pelas lindas ilustrações contidas em seus mais diversos livros.

“Este é o lobo”, livro que teve seu lançamento original no ano de 2016, recebeu a indicação para diversos prêmios, sendo finalista do Prêmio Jabuti, um dos maiores prêmios da literatura brasileira.

Esse livro demonstra uma visão diferente do lobo usualmente retratado na literatura infantil. Aqui não há medo, apenas solidão.

O lobo que se sente só é acolhido pela coragem e empatia de um menino singular, que demonstra durante a belíssima narrativa verdadeiros significados, como o da amizade.

Com a união de uma emocionante história e um incrível design gráfico, esse livro com certeza é uma obra-prima!

Portanto, não deixe de mostrar essa magnífica obra para as crianças, pois com certeza vale a leitura!

2. Bia e o elefante: piquenique, de Carolina Moreyra e Odilon Moraes

livro bia e o elefante piquenique

“Bia e o elefante”, livro que conta com a autoria de Carolina Moreira, é capaz de derreter até o mais duro dos corações.

Com uma linguagem fácil e altamente bem estruturada, esse livro nos conta a história de Bia e seu amigo elefante, que constroem uma amizade improvável, já que os dois são muito diferentes um do outro.

Bia gosta de brincar fora de casa, já o elefante prefere o interior da residência; ela gosta de correr, ele prefere dar passos vagarosos.

Talvez seja justamente pelo antagonismo e respeito existente entre os dois que a amizade possua um laço tão forte.

Esse livro promete emocionar você e quem você ama, então, não deixe de conferir!

3. O menino maluquinho, de Ziraldo

livro o menino maluquinho

Clássico da literatura brasileira, “O menino maluquinho”, do imortal desenhista e cartunista Ziraldo, vem fazendo parte da formação de novos leitores brasileiros há mais de 41 anos!

As histórias em quadrinhos que deram origem a diversas peças de teatro, filmes e séries de TV falam sobre um menino que usa uma panela na cabeça e se envolve em diversos tipos de brincadeiras e confusões.

Com uma personalidade forte, porém muito simples e fácil de entender, “O menino maluquinho” fez e faz a alegria de novos leitores até hoje.

Não deixe de conferir esse clássico da literatura do Brasil!

4. Branca de neve e os sete anões

livro branca de neve e os 7 anoes

O clássico da Disney, na verdade, foi escrito pelos irmãos Grimm e teve sua primeira publicação estimada entre os anos de 1817 a 1822.

Esse é um dos contos de fadas que fazem parte da construção de inúmeras gerações ao redor do mundo todo, desde a sua primeira publicação.

Apesar da história original dos irmãos Grimm conter algumas diferenças da obra mais amplamente difundida, “Branca de neve e os sete anões” conta a história de uma rainha que possuía grande inveja da branca de neve, mandando matá-la.

A jovem então foge do caçador e adentra em uma floresta, onde é abrigada por sete anões muito gentis.

Esse livro faz parte dos clássicos da literatura infantil mundial e com certeza as crianças vão adorar!

5. Reinações de Narizinho, obra de Monteiro Lobato

livro reinacoes de narizinho

“Reinações de Narizinho” é o primeiro de uma série de livros que daria início ao tão aclamado e bem construído Sítio do pica-pau amarelo.

Esse livro foi publicado pela primeira vez no ano de 1931 e é composto de várias pequenas histórias que apresentam uma grande variedade de personagens e ambientes.

Perfeitamente descritivo, esse livro é capaz de despertar a criatividade dos pequenos leitores ao máximo!

Sem sombra de dúvidas, um dos clássicos da literatura brasileira.

6. O meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos

livro o meu pe de laranja lima

Neste livro infantil, lançado em 1968, você conhecerá a história de Zezé, um menino de apenas 6 anos de idade que vive em um bairro modesto, na zona norte do Rio de Janeiro.

Com a grande dificuldade financeira que a família passa, Zezé utiliza de toda sua criatividade para fugir dos flagelos que o mundo e a sociedade lhe pregam.

O meu pé de laranja lima” demonstra o poder e a importância da imaginação na vida de uma criança, unindo em seu conteúdo à perfeita harmonia entre a alegria e a tristeza de uma criança que vive com dificuldades no Rio de Janeiro.

“O meu pé de laranja lima” é uma obra-prima de José Mauro de Vasconcelos. Não deixe de conhecer e de apresentar esse livro!

7. O pequeno príncipe

livro o pequeno principe

“O pequeno príncipe” do escritor, ilustrador e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry, é um dos livros mais traduzidos no mundo, contando com versões em mais de 220 línguas.

Publicado no ano de 1943, em pleno período de guerra, esse livro contém 96 páginas que passam sentimentos como amor, amizade, perda e solidão, de uma forma que você com certeza nunca ouviu ou viu antes.

Com um projeto gráfico maravilhoso, essa obra possui diversas ilustrações que se misturam e tornam a história ainda mais prazerosa e emocionante.

Há anos a história vem fazendo parte da construção literária das crianças e de leitores adultos do mundo todo. Sabendo disso, não deixe de ler essa joia da literatura que com certeza é um dos livros que detém a honra de ser chamado de um dos melhores livros infantis!

Aproveite e leia, também, o resumo que fizemos sobre a obra clicando aqui.

8. O touro Ferdinando

livro o touro ferdinando

Publicado no ano de 1936, “O touro Ferdinando” é a obra mais conhecida do autor americano Munro Leaf.

Esse livro conta com uma sensibilidade inigualável ao narrar a história de um touro que recebeu o nome de Ferdinando e possuía uma peculiaridade muito especial: ele gostava mais de cheirar as flores do que de lutar em touradas.

Ferdinando não cedia às constantes provocações realizadas pelo toureiro da arena e pela plateia, pois ele preferia a vida calma e feliz que tinha no campo.

Esse livro mostra para as crianças que a violência nunca é o caminho, a gentileza sempre deve ter prioridade em relação à agressividade.

Conheça a história que encanta todos os seus leitores há mais de 80 anos.

9. Marcelo, marmelo, martelo, um dos 30 melhores livros infantis

livro marcelo marmelo martelo

Esse livro pertence à autora Ruth Rocha, uma escritora brasileira que faz parte da academia paulista de letras desde o ano de 2007.

Neste livro infantil, as crianças terão a oportunidade de conhecer 3 contos fabulosos, que acabam por instigar ainda mais o hábito da leitura nos pequenos.

Conheça um pouco os contos que fazem parte deste livro:

  • Marcelo é um menino muito inteligente que adora brincar de criar palavras novas, deixando seus pais com uma pulga atrás da orelha, tentando descobrir o significado de algumas coisas que seu filho fala;
  • Terezinha e Gabriela são duas meninas com personalidade e gostos bastante diferentes, mas acabam se identificando uma com a outra apesar das diferenças;
  • Caioca é um menino muito ativo, que percebe a importância da amizade na vida das pessoas.

Se você está interessado em ótimos livros infantis, “Marcelo, marmelo, martelo” de Ruth Rocha é altamente recomendado!

10. O patinho feio

livro o patinho feio

Você sabia que a primeira edição de “O patinho feio” teve sua primeira publicação no ano de 1843?

Muito tempo já se passou, mas esse livro infantil não perdeu nem um pouco a habilidade de encantar as crianças.

Com uma história emocionante, esse livro narra a jornada de um cisne que foi chocado em um ninho de pata.

Por ser diferente dos demais, ele era constantemente perseguido e maltratado por todos que cercavam o pobrezinho.

Cansado de tamanha humilhação, o patinho foge para a floresta, onde é acolhido por uma família de camponeses após diversas adversidades enfrentadas.

Ao ser expulso novamente pelo gato da família, o patinho retorna para o lago que uma vez foi seu lar, porém, ao olhar seu reflexo na água, o pequeno pato percebe que na verdade é um belíssimo cisne, assim, todos que o viam o respeitavam.

Além de bela, é uma história muito educativa. Não deixe esse marco da literatura passar em branco por você!

11. A lagartinha muito comilona

livro a lagartinha muito comilona

Mais um livro muito influente dentro categoria de literatura infantil, “A lagartina muito comilona” é uma obra do autor Eric Carle que já vendeu muitas cópias devido à sua alta qualidade de produção.

O seu conteúdo contém inúmeras e belíssimas ilustrações, que ajudam o pequeno leitor a ter uma experiência muito mais dinâmica e divertida.

Com uma linguagem simples e fácil, esse livro narra a história de uma lagarta que comia tudo que estivesse à sua frente, inclusive as páginas do próprio livro!

Uma leitura divertida e diferente. Vale conferir.

12. Bisa Bia, Bisa Bel, da autora Ana Maria Machado

livro bisa bia bisa bel

“Bisa Bia, Bisa Bel” é um dos livros que compõem as importantíssimas obras de Ana Maria Machado, uma jornalista, professora, pintora e escritora do Brasil.

Esse livro conta a extraordinária história de uma menina que convive em seus pensamentos com a sua bisavó e a sua bisneta.

Os encontros dessas 3 gerações, que são narrados pela menina Isabel, formam uma perfeita mistura entre o imaginário e o real.

Após adentrarem nesse fantástico mundo, os leitores são convidados a conhecer e a refletir sobre os diferentes papéis e mudanças relacionadas à mulher na sociedade.

Com uma linguagem bastante fácil e divertida, essa obra demonstra com maestria a relação de 3 gerações que, apesar de pensarem diferente em alguns pontos, possuem apenas um sonho em comum: a liberdade.

13. Quase ninguém viu, da autora Aline Abreu

livro quase ninguem viu

“Quase ninguém viu” rendeu à escritora Aline Abreu o prêmio Monteiro Lobato no ano de 2020 e o prêmio João-de-Barros de livro ilustrado no ano de 2016.

Essa obra conta a história de um pequeno sapo que se perde da sua família e que tenta viver em busca da resposta de quem ele realmente é.

Abordando questões complexas como de onde viemos e quem são as pessoas que se relacionam conosco, com uma linguagem extremamente fácil e bem construída, a autora nos mostra que quando compartilhamos experiências, somamos nossas diferenças e demonstramos nossos melhores afetos.

Não deixe de conferir essa premiada obra que tem elevado a literatura infantil a outro nível.

14. A princesinha medrosa, de Odilon Moraes

livro a princesinha medrosa

Odilon Moraes é um arquiteto formado pela universidade de São Paulo. Apesar de nunca ter exercido a profissão dentro da área de arquitetura, se encontrou verdadeiramente na escrita de contos e histórias.

“A princesinha medrosa” rendeu ao autor prêmios importantes dentro da literatura brasileira, como o prêmio de melhor livro para crianças no ano de 2002, oferecido pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

A obra conta a jornada de uma pequena princesa que aprende a vencer alguns medos como o medo do escuro e da solidão.

A forte personalidade da princesa nos ensina muito sobre processos como a construção da identidade e a trajetória da coragem em nossas vidas.

Um livro que é capaz de ensinar e emocionar todos os leitores que o obtém.

15. Pinóquio: o livro das pequenas verdades

livro pinoquio

Outra obra do talentosíssimo escritor de livros infantis Alexandre Rampazo, resgata o famoso personagem originalmente criado por Carlo Collodi.

Neste livro, Pinóquio começa a sua jornada reflexiva em busca de sua identidade verdadeira.

Com uma narrativa sensível e cativante, esse livro leva os leitores a conhecer todas as possibilidades que podem constituir a nossa identidade e personalidade.

Reforçando a necessidade de aceitarmos a nós mesmos, essa magnífica e necessária obra ensina aos adultos e crianças a refletir sobre quem somos e quem desejamos ser um dia.

Outra obra maravilhosamente bem construída de Alexandre, que com certeza merece um lugar na nossa lista de melhores livros infantis.

16. O muro no meio do livro, de Jon Agee

livro o muro no meio do livro

Jon Agee é um escritor e ilustrador americano nascido no ano de 1959, em Nyack, Nova York.

Autor de diversos livros para crianças, Jon não deixa a desejar em nenhuma das suas obras.

Essa obra nos relata a história de um pequeno cavaleiro que está convencido de que o muro presente do meio do livro protege seu lado bom de diversos perigos como um tigre morto de fome, um grande rinoceronte e um temível ogro que poderia comê-lo sem nem ao menos pestanejar.

Porém, a obra nos mostra que não podemos julgar o livro pela capa! Com um extraordinário senso de humor e gentileza, o autor nos mostra que não devemos construir muros, mas sim pontes!

Além da comovente história que narra as aventuras do pequeno cavaleiro, essa obra é perfeitamente bem ilustrada, ou seja, uma ótima pedida para crianças!

17. Felpo Filva, da autora Eva Furnari

livro felpo filva

Eva Furnari é uma escritora e ilustradora ítalo-brasileira que possui uma vasta coletânea de obras publicadas no Brasil.

Felpo Filva é um livro sobre um coelho poeta que tem uma personalidade um pouco maluca.

Ao receber uma crítica de uma das suas fãs, o coelho fica muito indignado e começa a trocar diversas cartas com essa admiradora, que recebeu o nome de Charlô.

Essa obra introduz aos leitores diversas funções literárias, como poemas, fábulas, cartas, manuais e autobiografias.

Claro que tudo isso está inserido em um conteúdo muito divertido e didático.

Com as fortes influências que a autora exerce nas categorias infantil e infanto-juvenil, você já deve imaginar a qualidade dessa obra!

Com certeza, uma leitura que você não vai se arrepender de fazer.

Interessado em livros da categoria infanto-juvenil? Confira nosso guia que conta sobre os 27 melhores livros infanto juvenil!

18. A pequena sereia, de Hans Christian Andersen

livro a pequena sereia

“A pequena sereia” é uma das obras mais famosas do autor Hans Christian Andersen, que possui dentro de suas publicações literárias outras obras de igual renome, como “O patinho feio”.

Publicada originalmente no ano de 1837, essa obra faz parte dos livros para crianças mais vendidos e adaptados da história.

“A pequena sereia” gira em torno de uma sereia não tão bonita quanto as demais, que tinha o sonho de se casar com um príncipe humano.

No universo proposto pelo autor, as sereias obtêm a permissão de visitar a superfície aos 15 anos de idade.

Após ouvir várias histórias das suas irmãs mais velhas, a pequena sereia finalmente atinge a idade requerida para se aventurar na superfície.

Já na sua primeira vez, a nova sereia encontra um príncipe em um barco e se apaixona prontamente. Agora, os dois devem enfrentar uma série de desafios.

Não é por acaso que essa obra atrai os olhares de crianças para a literatura há séculos! Não deixe de conferir essa magnífica obra.

19. O guarda chuva do vovô, da autora Carolina Moreyra

livro o guarda-chuva do vovo

Carolina Moreyra é uma escritora brasileira formada pela London Film School, onde se especializou no contar de histórias através da conjunção de imagens e palavras.

“O guarda chuva do vovô” garantiu à autora o prêmio de melhor livro do ano para crianças em 2009.

Essa obra apresenta a história de um vovô que era cercado de mistérios aos olhos de sua neta, por nunca sair do quarto.

O decorrer do livro demonstra os detalhes da emocionante relação entre a jovem menina e seu avô, que estava bastante doente e debilitado.

Essa relação é marcada sobretudo pelas lembranças da menina nos dias chuvosos, onde era permitido que ela usasse o guarda chuva de seu avô, que ficou de herança para ela.

Prepara-se para se emocionar com esse lindo livro!

20. Rimas de lá e de cá, de José Jorge Letria

livro rimas de la e de ca

José Jorge Letria é um jornalista, político, poeta, e escritor nascido na vila de Cascais, em Portugal, no ano de 1951. O autor foi laureado com diversos prêmios durante toda a sua vida literária, onde podemos destacar os seguintes:

  • Prémio de Poesia Florbela Espanca (1984)
  • Prémio Literário Ferreira de Castro (1987, 1989, 1992)
  • Prémio Eça de Queirós (1989)
  • Prémio Literário Almeida Firmino (1990)
  • Prémio de Poesia Cesário Verde (1991)
  • Grande Prémio de Teatro da APE/Ministério da Cultura (1996)
  • Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco (1998)

Em “Rimas de lá e de cá”, o autor brinca com as palavras existentes no português de Portugal e com as palavras existentes no português brasileiro.

Esse jogo de palavras é muito interessante pois mostra a grande diversidade existente entre as línguas correspondentes.

Indicado para crianças de todas as idades, essa obra trará uma nova perspectiva sobre o português aos seus leitores.

21. Cachinhos de prata, de Leo Cunha

livro cachinhos de prata

Leonardo Antunes Cunha é um escritor, tradutor e jornalista brasileiro nascido no ano de 1966 em Bocaiúva, Minas Gerais.

Nessa história, o autor nos convida a conhecer a relação entre uma querida avó e seus netinhos.

O amor entre a avó e seus netos era muito grande. Era costumeiro que as crianças visitassem a avó todos os domingos.

Porém, em um domingo, não foi a avó que abriu a porta de casa para recebê-los, e sim seu avô. As crianças então perceberam que sua querida e amada avó não mais os reconhecia.

Com um texto profundamente poético, o autor descreve em suas páginas um assunto que muitas vezes é ignorado dentro da literatura infantil: o envelhecimento e o esquecimento.

As excepcionais ilustrações contidas no livro ajudam a dar leveza a um tema tão complicado e denso.

Com certeza, uma obra que vale a pena a leitura.

22. Girafas, de Jean Claude R. Alphen

livro girafas

Jean Claude R. Alphen é um escritor e ilustrador brasileiro que nasceu no ano de 1965.

Jean passou a sua juventude na França, até retornar para o Brasil e se formar em marketing e publicidade.

Em “Girafas”, o autor explora um dos temas que mais divertem as crianças na hora da brincadeira: o desenho.

A história segue um menino que adorava desenhar. Seu pai, então, enche as páginas do livro com diversos desenhos coloridos de girafas.

A obra, além de ser muito bem ilustrada e interativa, ajuda os pequenos leitores a dar seus primeiros passos dentro de uma ciência muito importante, que é a matemática.

23. Os colegas, obra de Lygia Bojunga

livro os colegas

Lygia Bojunga Nunes é uma escritora nascida na cidade de Pelotas, no ano de 1932.

Lygia também realizou trabalhos como atriz, trabalhando em rádios e teatros, porém, a super premiada escritora não deixou de contribuir para a literatura brasileira.

Em “Os colegas”, somos defrontados com a história de personagens muito carismáticos, como um coelho cara de pau chamado Voz de Cristal e seus amigos vira-latas, Virinha e Latinha.

Apesar de serem animais abandonados e excluídos da sociedade, eles encontraram na amizade e na fraternidade a força que eles precisam para serem felizes e vencerem seus desafios.

Uma linda e emocionante obra que nos ensina a cada linha.

24. Nuno e as coisas incríveis, de André Neves

livro nuno e as coisas incriveis

André Neves é um escritor brasileiro natural de Pernambuco. Nascido no ano de 1973, o autor coleciona nada mais nada menos do que quatro prêmios Jabuti.

Em “Nuno e as coisas incríveis”, os leitores conhecerão o mundo a partir do ponto de vista de Nuno, um personagem que enxergava as coisas por meio das imagens.

A imaginação de Nuno dava cor às páginas escurecidas. Em um desses desenhos, ele encontra Nina, que diferentemente dele enxergava o mundo por meio das palavras.

Talvez seja a diferença entre os dois que tornam esses personagens tão completos.

25. Quem tem medo do novo?, de Ruth Rocha e Mariana Massarani

livro quem tem medo do novo

Mariana Massarani é uma ilustradora brasileira, que tem em seu leque de trabalhos a ilustração de mais de duzentas obras, a maioria inserida dentro da categoria infanto-juvenil.

Na obra intitulada “Quem tem medo do novo?”, a autora Ruth Rocha descreve com maestria os fatos  que acontecem todos os dias em nossas vidas.

Mudar muitas vezes pode ser um ato que causa medo e ansiedade nas pessoas, pedindo grande coragem àqueles que se dispõe a fazê-lo.

Mudar de casa, de rua, de turma, de cabelo e de tantas outras coisas às vezes pode ser muito difícil.

É nesse sentido que a autora trabalha, e além da incrível escrita que o livro contém, essa obra conta com as magistrais ilustrações de Mariana!

Por todas essas qualidades, esse livro fecha nossa sequência que fala sobre os melhores livros infantis.

Milhares de Livros em Promoções Diariamente na Amazon! Se você ama ler, não pode perder.