Qual a Ordem dos Livros de Game of Thrones? Sequência Cronológica de Leitura

sequencia game of thrones

A ordem de Game of Thrones é sempre algo muito pesquisado pelos fãs que querem ler as obras, mas não sabem por onde começar.

Falaremos da série Crônicas de Gelo e Fogo, desde o prequel ou prelúdio, Fogo e Sangue, considerado o número zero da coleção, dos livros já lançados, sempre com grande sucesso e pela ordem, A Guerra dos Tronos, A Fúria dos Reis, A Tormenta de Espadas, O Festim dos Corvos e a Dança dos Dragões.

Falaremos dos livros que ainda estão sendo escritos, The Winds of Winter (Os ventos do inverno) e o que está planejado na mente do escritor que sequer pode dar uma data para seus leitores a respeito do lançamento, A Dream of Spring, (Um sonho de primavera).

ORDEM LIVRO

Fogo e Sangue
  • George R. R. Martin
Verificar Preço →

A Guerra dos Tronos
  • George R. R. Martin
Verificar Preço →

A Fúria dos Reis
  • George R. R. Martin
Verificar Preço →

A Tormenta das Espadas
  • George R. R. Martin
Verificar Preço →

O Festim dos Corvos
  • George R. R. Martin
Verificar Preço →

A Dança dos Dragões
  • George R. R. Martin
Verificar Preço →

George R R Martin, o gênio por trás dos livros de Game of Thrones

George R.R. Martin, o autor, ou George R R, como também gosta de ser chamado, nasceu há 72 anos na pequena cidade do estado norte-americano de New Jersey, Bayonne, cuja área não chega a 30 km quadrados e onde apenas a metade de sua superfície é composta de terra – o restante é água.

Esta cidade apresenta atualmente um fenômeno bastante comum em determinadas cidades, tanto nos Estados Unidos quanto em muitos países: sua população não evolui, apenas decresce a cada ano que passa.

Quantos livros tem a saga Game of Thrones?

Até o momento, são 6 obras publicadas e 2 obras em andamento:

  1. Fogo e Sangue, o prelúdio, o número “zero”
  2. A Guerra dos Tronos – A Game of Thrones
  3. A Fúria dos Reis – A Clash of Kings
  4. A Tormenta de Espadas – A Storm of Swords
  5. O Festim dos Corvos – A Feast for Crows
  6. A Dança dos Dragões – Dance With Dragons
  7. Os Ventos do Inverno – The Winds of Winter
  8. Um Sonho de Primavera – A Dream of Spring

Dos acima elencados, seis deles foram lançados com sucesso. Os últimos dois livros, “Os Ventos do Inverno” e “Um Sonho de Primavera”, ainda não se encontram nas mãos de seus fãs.

A recomendação é inverter a ordem e que a leitura da série se inicie pelo que é considerado o primeiro livro, A Guerra dos Tronos, para então se ler o prelúdio, pois desta forma o leitor estará ambientado ao cenário e terá melhor compreensão dos fatos ocorridos há séculos passados.

George R.R. Martin, o autor, não costuma e não gosta de dar previsões para o lançamento de seus livros, mesmo aqueles que ele considera quase que acabados, pois, segundo ele, as cobranças na Internet ou por e-mails se intensificam na medida em que os prazos supostamente informados não são cumpridos e os livros não são lançados.

George R.R. Martin assinou contrato com a empresa norte-americana HBO para apresentação de séries baseadas em seus livros.

A divulgação através da televisão, por meio de seu canal HBO, aumentou muito a exposição de seus títulos, o que contribuiu significativamente para o sucesso dessas obras de ficção e fantasia (leia essa seleção de livros), tanto junto ao povo norte-americano quanto com a população de grande parte do mundo.

Ordem dos livros de Game of Thrones: pequeno resumo da série de Game of Thrones

1. Fogo e Sangue – Os Filhos do Dragão – Prólogo

livro game of thrones fogo e sangue

Na televisão, a denominação da história é Fire and Blood.

Em suas publicações digitais, o título passa a ser Fogo & Sangue, Uma História dos Reis Targaryens de Westeros.

Lançado no Brasil, em português, em 2018, pela Editora Suma, simultaneamente com a Editora Inglesa Bantam Spectra nos Estados Unidos, o livro apresenta em seu enredo a casa de Targaryen, cuja sede se localizava na Pedra do Dragão.

O livro conta sua história completa e os acontecimentos desta dinastia, da casa Targaryen e de seus principais personagens.

Fundada por Aegon, também chamado de O Conquistador, rei que dominava os Sete Reinos de Westeros.

Foi o primeiro rei a ocupar o Trono de Ferro e também foi o primeiro que teve este nome, Aegon Targaryen I.

“O Mundo do Gelo e do Fogo” chegou a fazer citações com detalhes sobre Aegon Targaryen I, mas todos os trechos que fazem referência a ele neste livro permaneciam inéditos até sua efetiva publicação em Fogo e Sangue.

Aenys I Targaryen era o primogênito de Aegon I, seu filho mais velho e, pela ordem, seu sucessor natural. Sua mãe, a rainha Rhaenys, era irmã e mulher de Aegon I. Aenys I Targaryen foi o segundo a se sentar no Trono de Ferro. Conhecido como o Senhor dos Sete Reinos.

Maegor I, conhecido como Maegor o cruel, foi o terceiro rei a ocupar o Trono de Ferro.

Cinquenta e cinco anos de serviços prestados ao reino foi o diferencial deste rei, conhecido como “O Conciliador” e, mais tarde, em sua velhice, como “O Velho Rei”. Este foi Jaehaerys I, que reinou de 48 a 103 DC. Vermithor se chamava seu dragão. Foi o quarto rei a ocupar o Trono de Ferro.

Seu neto, Viserys I, denominado “O Conciliador”, procurou manter a paz e a prosperidade do mundo tranquilo do reino que recebeu do avô.

Durante seu reinado, ainda que assim não desejasse, criou algumas condições propícias para o início de uma guerra civil, chamada de a Dança dos Dragões. O grande problema em sua existência foi a obesidade. No final de sua vida, sua gordura quase não permitia que subisse no trono de ferro. Seu sucessor foi Aegon II. Visrys foi o quinto rei a ocupar o trono de ferro.

Aegon II foi o sexto rei a ocupar o trono de ferro. Para ascender ao trono, teve que disputar a posição com sua irmã unilateral Rhaenyra Targaryen, que era mais velha do que ele. Ambos morreram no decorrer da guerra civil.

Aegon III chegou ao trono como seu sétimo ocupante, conduzido pelos que lutavam ao lado de sua mãe e que venceram a Dança dos Dragões. Era conhecido como Aegon o Jovem e, mais tarde, a Aegon a Desgraça dos Dragões.

A HBO acabou por inspirar-se na história dos Targaryen, reis e sucessores e, através da adaptação de As Crônicas de Gelo e Fogo, produziu um dos maiores sucessos da TV e uma de suas melhores séries, Game of Thrones. Não estamos falando de um universo de ficção científica, mas de ficção de fantasia.

Martin dá início à história com Aegon I criando o Trono de Ferro e relata uma sequência de fatos sobre as gerações que se seguem. Dramas, intrigas, traições e inúmeras tramas, muito bem elaboradas.

O livro esclarece também qual o grande perigo de ir à Valíria, depois que a mesma foi arrasada.

Conta com algumas minúcias sobre os detalhes da guerra civil, a Dança dos Dragões.

Como um fã de George R.R., você não pode deixar de ler este livro, lembrando sempre que se trata de um prólogo e a recomendação é que seja lido logo após a leitura de A Guerra dos Tronos, livro da coleção Guerra de Gelo e Fogo, que deu origem à série Game of Thrones, sucesso incontestável da TV. Cada página alimenta mais nossa imaginação.

2. A Guerra dos Tronos – A Game of Thrones (primeiro da série “Crônicas de Gelo e Fogo”)

livro game of thrones a guerra dos tronos

A Game of Thrones, na relação dos livros de ficção e fantasia, criados por George R.R., vem a ser o primeiro da lista e tem como personagens principais Eddard Stark, patriarca da Casa Stark, Catelyn Stark, sua esposa, Sansa Stark, filha mais velha do casal, Aria Stark, a filha mais nova do casal, Robb Stark, o que está diretamente na linha de sucessão e o herdeiro do trono. É o filho mais velho do casal. Bran Stark é o quarto filho do casal e Jon Snow, filho nascido fora do casamento de Eddard Stark.

Positivamente aclamado pela crítica, A Game of Thrones recebeu diversos elogios dos mais renomados repórteres, críticos de diversos jornais americanos, tendo sido o livro comparado a outros grandes sucessos anteriormente lançados.

Se olharmos sob o ponto de vista de cada um dos personagens, assim como fez o autor, teremos sempre uma nova história, em todos os capítulos, cada uma com seu próprio enredo. Esta foi a linha traçada por George R.R. na escrita de seu livro.

No enredo de A Game of Thrones, no reino onde o verão pode durar décadas e o inverno a vida toda, os “Outros”, seres abomináveis, possuidores de forças sobrenaturais que viviam no Norte, eram contidos apenas por uma grande muralha de gelo que possuía 480 quilômetros de comprimento e 210 metros de altura.

A Patrulha da Noite também foi criada com o objetivo de defender as terras dos Outros, selvagens que vivem além da muralha. O clima vivido é de um perigo constante, com a possibilidade de que algo de ruim possa acontecer a cada instante.

Eddard Stark, um guardião do norte, foi convocado pelo rei para se tornar a “Mão do Rei”, cargo que pode representar um grande prestígio mas que, ao fiscalizar tudo o que ocorre e governar em nome do rei, em sua falta, pode também trazer grandes dissabores.

Há um código de honra entre os guerreiros e seus reis, e Eddard, por uma questão de honra, não poderia recusar o convite. Eddard Stark considera um erro, não era seu desejo ir e assumir o cargo, mas lembra que poderia aproveitar a situação e passar a investigar possíveis conspirações, entre elas a que teve como consequência a morte de seu amigo Jon Arryn. Então, ele deixa seu local, Winterfell, para se dirigir à sede do reino.

Porto Real, capital de Westeros, o aguarda, talvez com muito mais situações ruins do que boas.

A Muralha em Game of Thrones

Com quase 500 quilômetros de extensão e 210 metros de altura, a muralha era cuidada pela Patrulha da Noite, composta por assassinos, fugitivos e bastardos que compunham uma espécie de Irmandade Militar.

Jon Snow, filho fora do casamento de Stark, ao não se dar bem com a vida da capital, resolve se juntar à Patrulha da Noite. A princípio, estava cheio de preconceitos e de restrições quanto aos membros da Patrulha, mas logo se adaptou ao novo ambiente, nada mais o incomodou e por lá ficou. Sob seu ponto de vista, ali seria seu melhor lugar.

Tyrion é o anão, filho mais novo de Tywin que sofre com o desprezo de toda a família mas que, através dos estudos, consegue superar e reverter a situação.

Daenerys Targaryen, a mais jovem da família, mais seu irmão Viserys, buscam forças e aliados para combater o rei. Estão focados na reconquista do trono.

3. A Fúria dos Reis – A Clash of Kings

livro game of thrones a furia dos reis

De As Crônicas de Gelo e Fogo, pela ordem, este é o segundo livro, publicado pela editora Bantam Spectra no ano de 1998 na Inglaterra e, posteriormente, no ano de 1999 para os norte-americanos. No Brasil, tivemos uma edição em português apenas em 2011. É mais um dos livros de ficção e fantasia que teve sucesso imediato tendo subsidiado a HBO TV a incrementar sua série.

O término de Game of Thrones, o primeiro livro, marca o início de A Fúria dos Reis.

Vamos ver neste livro que a guerra continua, persiste firmemente em Westeros, em seus sete reinos.

Selvagens são procurados pela Patrulha da Noite e a obsessão em retomar o Trono de Ferro permanece na mente de Daenerys Targaryen. Ela não cogita desistir de sua ideia de reconquistar os Sete Reinos de Westeros.

A guerra interna agora tem nova denominação e passa a se chamar A Guerra dos Cinco Reis, que é a guerra para a retomada do Trono de Ferro.

Com Stannis Baratheon se declarando rei de Westeros, desperta em Renly Baratheon, seu irmão mais novo, o desejo de também reivindicar o trono, criando uma disputa entre eles.

Filho de Robert Baratheon, e irmão mais velho, pelo cumprimento do direito, Stannis seria o legítimo herdeiro. O conflito foi criado e Catelyn Stark tenta apaziguar, conversando com os irmãos e tentando convencê-los de que seria melhor que se unissem contra seu verdadeiro inimigo comum, os Lannister.

Renly é assassinado em sua tenda por uma misteriosa sombra.

Ponta Tempestade, a fortaleza de Renly, é tomada após sua morte e seus apoiadores passam agora para o lado de Stannis.

Stannis Baratheon se desloca para Porto Real e desfecha um grande ataque, por terra e por mar, mas sua marinha é quase que totalmente destruída por uma das armas de guerra mais poderosas da época, o Fogo Vivo.

Tendo seu exército reduzido de maneira drástica, Stannis Baratheon foge e Tyrion, ferido gravemente na batalha, consegue ajuda de seu escudeiro Pod para se salvar.

Pelo Leste, Daenerys Targaryen segue com seus planos para retornar ao Trono de Ferro em Westeros.

4. A Tormenta de Espadas – A Storm of Swords

livro game of thrones a tormenta de espadas

Os sete reinos continuam em guerra com cada monarca tentando manter suas posições, lutando por suas coroas.

Havia apenas a Patrulha da Noite para tentar dar combate aos selvagens que marchavam em direção da Muralha.

Ao Leste, Daenerys Targaryen segue seu caminho para Pentos, buscando se reorganizar, reunir forças para tentar reaver o Trono de Ferro em Westeros.

Os da casa Lannister foram afugentados de Westeros pelas forças de Robb Stark, e Catelyn prometera que seu filho Robb se casaria com uma das donzelas da casa Frey, o que não pode se concretizar pois Robb fugiu deste compromisso.

As Gêmeas estava em festa. Se celebrava um casamento por lá entre Edmure e Roslin. Um ardil foi preparado e durante a festa, os músicos, de repente, mostram suas verdadeiras identidades e agora se apresentam como soldados que eliminam todos os soldados de Stark.

Catelyn é morta, Robb Stark é morto e a tragédia ficou marcada como “O Casamento Vermelho”.

Arya Stark está agora a caminho de Braavos e vai contar com a ajuda de um capitão que recebe dela uma moeda e um código, o qual ele reconhece e facilitará sua viagem.

5. O Festim dos Corvos – A Feast of Crows

livro game of thrones o festim dos corvos

O Festim dos Corvos começa a mostrar que, com o término da batalha, é a hora dos corvos fazerem suas refeições.

Lidar com a perda é algo difícil e que nem todos têm a capacidade de superar.

Com o término da guerra dos cinco reis, uma grande lacuna ficou na população que tinha a impressão de estar à beira da loucura, sem saber muito bem como lidar com a nova situação.

Este livro tem seu foco principalmente nas pessoas que vivem ao sul do continente, abaixo do Gargalo, que é a região coberta por terras pantanosas, principal divisa entre o norte e o sul.

Novos personagens são apresentados neste livro. Conheceremos Dorne e as órfãs Oberyn Martell, também chamadas de Serpentes da Areia.

O livro nos traz um prólogo totalmente diferenciado, repleto de informações abrangendo todas as edições anteriores.

Brienne encarna em si o quanto o povo está sofrendo, enquanto reis e lordes se deliciam em seus confortos.

Cersei agora é a protagonista.

O poder da religião é exaltado neste volume. O enredo não traz maiores surpresas como o autor costuma colocar em suas obras.

Explorar pequenos enredos dentro de outros maiores fica sendo uma característica peculiar deste livro.

Sua sequência virá no próximo livro, Dança dos Dragões.

6. A Dança dos Dragões – Dance With Dragons

livro game of thrones a danca dos dragoes

Este livro é o quinto da série “Crônicas de Gelo e Fogo”. Quando Martin pensava ainda em escrever apenas uma trilogia desta saga, este seria o segundo livro a ser escrito.

Jon Snow agora é o comandante da Patrulha da Noite e o que ele desconhece é que possui inimigos dentro da própria patrulha. Tem perdido uma quantidade enorme de homens na luta contra os Outros, nas batalhas além da muralha.

Mudar todo um sistema de vida não é fácil e Daenerys Targaryen percebe isso ao administrar seu reino. Mudar um sistema político, principalmente quando temos a economia envolvida, é uma tarefa muito difícil.

O autor consegue prender nossa atenção, principalmente devido ao emaranhado de situações contidas nos capítulos da trama.

O livro, último dos que foram lançados, interrompe temporariamente a série de volumes de Martin.

Sempre com grandes acontecimentos, em determinados momentos, pode se tornar enfadonho para alguns leitores mais exigentes, o que pode provocar certos comentários nas redes sociais, a respeito de Martin.

Mas, acontece que os contos de Martin sempre nos apresentam surpresas, algumas boas, outras nem tanto.