Resumo “A Cartomante”: Os Principais Pontos do Livro de Machado de Assis

O conto “A cartomante” é uma das obras mais conhecidas do grande escritor Machado de Assis.

Publicado inicialmente no ano de 1884, no jornal Gazeta de Notícias do Rio de Janeiro, a  obra também ganhou publicação  nos livros “Várias histórias” e  “Contos: uma antologia”.

Se você é fã de clássicos, continue acompanhando e conheça o Resumo A Cartomante.

A cartomante: uma história com personagens complexos

O livro “A cartomante” de Machado de Assis traz uma história misteriosa e que chegou até mesmo a ganhar versões para o cinema.

Vamos conhecer um dos contos mais famosos da literatura brasileira?

Siga com a gente e acompanhe o resumo do enredo!

Aliás, aproveite para ler também nossa seleção de melhores livros para jovens.

Vilela, Rita e Camilo: um triângulo amoroso

O conto narra a história de um triângulo amoroso entre Vilela, Rita e Camilo.

Vilela é o típico provedor da família,  um advogado que abre um escritório no Rio de Janeiro e ostenta uma bela mulher.

Rita é uma moça de trinta anos e refém da obrigação de viver em um casamento de fachada.

Já Camilo é um funcionário público que frustrou os sonhos do pai em vê-lo médico. Ele também é amigo de infância de Vilela.

O conto começa quando Rita, completamente angustiada pela traição, decide consultar uma cartomante.

A ida até a cartomante

A mulher fez tudo de maneira bastante discreta para que ninguém soubesse que ela tinha ido fazer a consulta.

Rita temia pela descoberta de que ela vivia as duas relações ao mesmo tempo, e resolveu consultar a cartomante como uma espécie de oráculo.

Camilo,  seu amante, amigo de infância do seu marido Vilela, caçoou da atitude de Rita alegando que não acreditava em nenhum tipo de superstição.

Paixão proibida vivida no Rio de Janeiro

Os três personagens viviam de forma muito próxima, especialmente depois que a mãe de Camilo faleceu.

Com toda essa proximidade, Camilo se sentiu completamente seduzido por ela e teve início o triângulo amoroso.

Rita e Vilela viviam no bairro de Botafogo e ela, sempre que podia, encontrava o amante na Rua dos Barbonos.

Cartas anônimas com ameaças

A trama apresenta seu auge quando Camilo começa a receber cartas anônimas que relatavam a traição. Assim, os amigos acabam se afastando por iniciativa de Camilo.

Sem saber da existência da carta anônima, Vilela estranha o comportamento e o súbito sumiço do amigo.

Assim, ele resolve enviar um bilhete para que Camilo vá até a sua casa.

Acompanhe nosso resumo para saber como a história termina

Camilo fica apreensivo ao ser chamado para ir até à casa de Vilela e resolve também procurar a cartomante para uma consulta sobre essa situação.

Logo em seguida, Camilo segue para o encontro do amigo mais tranquilo e na expectativa de que o seu caso com Rita não tenha sido descoberto.

Desfecho trágico

Ao chegar na casa de Vilela, Camilo tem uma grande surpresa: encontra Rita morta pelo marido.

Em seguida, ele é alvejado com dois tiros à queima-roupa e cai no chão também morto.

E assim, com a morte de Camilo, termina uma obra que pode ser considerada umas das mais importantes do autor.

Análise de “A cartomante”

Umas das características mais marcantes deste autor é a presença da cidade como um importante elemento da narrativa.

O Rio de Janeiro é descrito em detalhes e ao longo das páginas é referenciado de maneira bastante frequente. Portanto, não é difícil encontrar citações em que a Rua dos Barbonos ou a Rua da Guarda Velha são cenários da história.

Nesse sentido, o enredo é um verdadeiro presente para os leitores que poderão visitar e revisitar a Cidade Maravilhosa.

História com o fim em aberto

Outra característica muito forte do texto machadiano é a presença de histórias cheias de metáforas e com um final repleto de mistério.

No caso da obra “A cartomante”, o autor não revela nas páginas do livro como de fato Vilela descobriu a traição do amigo.

A cartomante teria sido responsável pela revelação? Vilela teria encontrado uma carta dos amantes? A cartomante realmente era vidente ou apenas uma farsante? O que aconteceu na casa do personagem Vilela antes da morte de Rita?

São respostas que ficam apenas por conta da imaginação de cada leitor.

Temas sociais

Assim como a maior parte dos livros de Machado de Assis, “A cartomante” também traz alguns temas sociais e a denúncia de como a sociedade era hipócrita naquela época.

Um casamento era mantido sem amor e pelas aparências. Enquanto isso, Camilo e Rita tinham um relacionamento extraconjugal.

Dessa forma, o livro traz a crítica para um mundo em que os casamentos eram sustentados unicamente pelo dinheiro envolvido nas relações.

A própria relação entre Camilo e Vilela também revela um pouco da hipocrisia da época. O adultério era um tema bastante presente na literatura e existe a hipótese de que o conto foi inspirado em uma história de um casal denunciada em jornais daquele tempo.

Personagens bem trabalhados e complexos

Não poderíamos deixar de falar aqui nesse resumo sobre a complexidade dos personagens de Machado de Assis.

De forma geral, não existem mocinhos nem vilões nas histórias machadianas. As pessoas são vistas como seres dotados de bons e maus sentimentos e que, ao mesmo tempo, carregam ingenuidade e também podem carregar os mais sórdidos pensamentos.

Complexidade da trama

A personagem Rita, por exemplo, ao mesmo tempo que era esposa adúltera, era também a mulher que recebia a imposição da sociedade para se manter firme em um casamento de aparências.

Assim, as palavras usadas pelo autor são extremamente bem escolhidas, de modo que não é feito nenhum julgamento aos personagens do conto “A cartomante”.

O narrador passa para os leitores a chance de avaliar e fazer juízo de valor sobre o comportamento dos personagens do livro.

Sobre Machado de Assis

Agora que você conferiu o resumo do livro, que tal conhecer um pouco mais sobre o autor da obra?

Considerado um dos maiores escritores de todos os tempos, Machado de Assis nasceu em uma família humilde composta por pais que eram escravos alforriados.

Autodidata, ele nunca teve oportunidade de cursar uma faculdade e iniciou sua jornada profissional como revisor em uma editora.

Dono de um texto incomparável e fundador da Academia Brasileira de Letras, Machado de Assis escreveu obras de sucesso como “O alienista”, e “Memórias póstumas de Brás Cubas” – este último, presente também na nossa lista de melhores livros de todos os tempos.

Considerado um dos maiores intelectuais brasileiros, ele escreve como ninguém sobre as relações, a vida, o amor e as contradições humanas.

Conto “A cartomante”: uma narrativa surpreendente

Bom, encerramos por aqui o nosso resumo do livro “A Cartomante” e esperamos que você tenha gostado. Não deixe de conferir essa verdadeira obra-prima da literatura brasileira e clique aqui para ler também nossa seleção dos melhores livros brasileiros.

Boa leitura!

Milhares de Livros em Promoções Diariamente na Amazon! Se você ama ler, não pode perder.