Ordem dos Livros Os Bridgertons: A Sequência Correta para Leitura Cronológica

“Os Bridgertons” é um romance de época composto por 9 livros escritos pela Julie Pottinger, a escritora mais conhecida pelo pseudônimo de Julia Quinn.

A obra foi lançada entre os anos 2000 e 2013 pela editora Arqueiro.

Em resumo, “Os Bridgertons” conta a história de uma fictícia família britânica na Inglaterra dos anos 1800, de forma que cada um dos livros é focado em um dos membros da família. A única exceção é o nono livro, que é um compilado de todos os anteriores.

Os personagens dos livros são os filhos de Violet. Ela é uma viscondessa que tem um marido que a ama e muitos filhos, o que era o padrão de vida perfeita da época.

Porém, enquanto ela está grávida do seu oitavo filho, ela fica viúva. Então, quando seus filhos crescem, o seu maior desejo é ter uma casa cheia de netos.

Recentemente, a obra de Julia Quinn ganhou mais fama após ser adaptada pela Netflix em parceria com a produtora Shondaland, criada pela showrunner Shonda Rhimes.

Até o momento, “O duque e eu” foi o único volume a receber uma adaptação.

O sucesso foi tanto que a plataforma anunciou que em menos de um mês a adaptação foi vista por 82 milhões de pessoas. Além disso, a série esteve no top 10 de todos os países e chegou à primeira posição no Brasil, nos Estados Unidos, na França, no Reino Unido, na África do Sul e na Índia.

Mesmo diante de todo esse sucesso, a leitura dos livros “Os Bridgertons” vale muito a pena. Além de uma leitura leve e divertida, a obra também é um pouco diferente da série.

Mas, será que existe uma ordem correta para ler os livros?

CARACTERÍSTICA PRODUTO

Um perfeito cavalheiro
  • Julia Quinn
Verificar Preço →

Os segredos de Colin Bridgerton
  • Julia Quinn
Verificar Preço →

Para Sir Phillip, com amor
  • Julia Quinn
Verificar Preço →

O conde enfeitiçado
  • Julia Quinn
Verificar Preço →

Um beijo inesquecível
  • Julia Quinn
Verificar Preço →

A caminho do altar
  • Julia Quinn
Verificar Preço →

E viveram felizes para sempre
  • Julia Quinn
Verificar Preço →

Nada escapa a lady Whistledown
  • Julia Quinn, Suzanne Enoch, Mia Ryan
Verificar Preço →

Lady Whistledown contra-ataca
  • Julia Quinn, Suzanne Enoch, Mia Ryan
Verificar Preço →

 

Os Bridgertons: ordem de leitura correta

Embora a série “Os Bridgertons” fale sobre as histórias de amor de cada um dos membros da família, os livros são independentes e não se passam em ordem cronológica.

Por isso, a melhor sequência de leitura é de acordo com a sua publicação. Confira os detalhes de cada livro a seguir!

1. O duque e eu, o primeiro dos livros da ordem de leitura de “Os Bridgertons”

O primeiro livro da série é o volume “O duque e eu”. Nele, Julia Quinn conta a história da filha mais velha de Violet, a Daphne.

Como a jovem já está na idade de se casar, ela a leva a todas as festas possíveis para que encontre um marido. Porém, todos os que se interessam por ela são pouco inteligentes,  velhos demais ou sem nenhum charme. Já os que têm potencial para ser um bom marido, só a enxergam como amiga.

Por outro lado, temos o novo duque de Hastings, Simon Basset. Depois de viajar pelo mundo durante seis anos, Simon volta para Londres para assumir o título de seu falecido pai.

Por ser rico e muito atraente, todas as mães querem que ele se case com suas filhas. Mas, ele não quer nenhum tipo de compromisso, muito menos esposa e filhos.

Coincidentemente, Simon é o melhor amigo do irmão mais velho de Daphne Bridgerton. Então, para que o duque não precise mais negar propostas de casamento e Daphne atraia bons pretendentes, os dois decidem fingir que estão apaixonados.

Porém, conforme o plano deles se desenvolve, Daphne acha cada vez mais desafiador se concentrar em seu objetivo de arrumar um marido, se casar e ter filhos.

2. O visconde que me amava

Depois de “O duque e eu”, Julia Quinn lançou “O visconde que me amava”. Nesse volume, o protagonista é Anthony Bridgerton, o filho mais velho de Violet. Como seu pai faleceu, Anthony é o responsável pelas finanças da família e o herdeiro do título de visconde.

Quando se inicia a temporada de bailes de 1814 em Londres, o visconde decide que chegou o momento de se casar e abandonar sua vida de libertino. Porém, ele não esperava se casar por amor.

Então, ele acredita que Edwina Sheffield é a melhor candidata que ele poderia encontrar, já que ela é considerada a debutante mais bonita da estação.

Contudo, a sua irmã mais velha, Kate Sheffield, faz de tudo para afastar os dois, pois acredita que os ex-libertinos não podem se tornar bons maridos. Mas, Kate se surpreende ao descobrir que Anthony, embora devasso, é um homem gentil e honesto.

Por isso, o visconde e Kate começam a se apaixonar e logo percebem que a relação deles pode ser muito mais do que apenas uma atração.

Embora o foco principal de “O visconde que me amava” seja o romance de Anthony, ele também mostra os conflitos internos do personagem, como o medo de morrer cedo tal qual seu pai e as pesadas responsabilidades que ele assumiu desde muito novo.

3. Um perfeito cavalheiro, uma adaptação de Cinderela

“Um perfeito cavalheiro” é o terceiro livro da série “Os Bridgertons”. Ele conta a história de Benedict, o segundo filho de Violet. Ele é um jovem libertino, romântico e artista não assumido.

Basicamente, o seu romance é releitura de Cinderela.

Em um baile de máscaras da sua família, Benedict conhece a jovem Sophie e eles se apaixonam imediatamente.

Embora seja filha de um conde, ela veio ao mundo por meio de uma relação ilegítima. Logo, quando seu pai morreu, sua madrasta a relegou como criada.

Mesmo assim, seu grande sonho é participar em um evento da elite de Londres. Então, na noite do baile ela consegue escapar de casa e realizar seu sonho. Porém, Sophie precisa ir embora antes da meia-noite, porque ninguém pode saber que ela esteve lá.

No dia seguinte ao evento, Benedict sai em busca de Sophie. Mas, como foi expulsa de casa, ela precisou deixar a cidade.

Três anos depois, eles se encontram novamente quando o Bridgerton a salva de um bêbado violento que tenta estuprá-la. De fato, um perfeito cavalheiro!

Embora ele não a reconheça, logo ele se apaixona por Sophie de novo.

Porém, por causa da posição social deles, Benedict Bridgerton propõe que eles sejam amantes. Mas, ela acha isso inaceitável.

Por isso, eles precisam repensar no que eles acreditam para poderem ficar juntos ou lutar contra os sentimentos que um tem pelo outro.

Qual será o desfecho dessa história? Vale a pena conferir.

E, além disso, você também pode se interessar por nossa seleção de romances.

4. Os segredos de Colin Bridgerton

A autora Julia Quinn mostra no livro “Os segredos de Colin Bridgerton” como um amor profundo pode nascer de uma amizade longa.

O livro fala sobre o romance do solteiro mais desejado de Londres, Colin Bridgerton, com Penelope Featherington, uma jovem fora dos padrões de beleza e melhor amiga de sua irmã mais nova, que sempre foi secretamente apaixonada por ele.

Depois de voltar de uma longa viagem internacional, Colin percebe que Penelope mudou. Antes ignorada pela sociedade, agora a moça é dona de uma beleza fora do comum, um bom humor afiado e uma ótima autoestima.

Por isso, Colin Bridgerton quer passar mais tempo com ela e, depois do primeiro beijo, não entende como nunca percebeu o que estava bem na sua frente todos esses anos.

Entretanto, quando a jovem da família Featherington descobre o maior segredo de Colin, ela começa a duvidar se o que sabe sobre ele é verdade. Então, ele precisa decidir se Penelope será o seu final feliz ou sua maior ameaça.

5. Para Sir Phillip, com amor

O livro número 5 da série publicado pela editora Arqueiro é “Para Sir Phillip, com amor”. Nele, Julia Quinn conta a história de amor de Eloise Bridgerton, a melhor amiga de Penelope Featherington.

As duas tinham planos de viver para sempre solteiras. Porém, quando sua amiga se casa, todos os seus planos mudam.

Embora tenha sido taxada de solteirona, Eloise é muito extrovertida e simpática. Além disso, ela ama escrever e enviar cartas para se comunicar.

Então, quando sua prima distante falece, ela decide enviar uma carta de “meus pêsames” para o seu marido, o Sir Philip. Porém, o seu gesto bondoso surpreende o viúvo e ele resolve responder à carta. Assim, eles começam a se corresponder.

Depois de alguns meses, Sir Philip propõe que Eloise passe uma temporada com ele para que possam se conhecer melhor – e ela aceita.

Em pouco tempo, eles percebem que um não é como o outro imaginava.

Eloise é muito teimosa e faladeira. Sir Phillip é rude e temperamental. Mesmo assim, eles continuam apaixonados e não param de pensar um no outro.

Porém, eles terão de descobrir se realmente foram feitos um para o outro apesar de tantas diferenças.

“Para Sir Phillip, com amor”, o quinto livro da série, deve ser lido com calma para que se possa apreciar todos os detalhes.

6. O conde enfeitiçado, de Julia Quinn, é a prova que todos podem viver um conto de fadas

“O conde enfeitiçado” nos apresenta a única Bridgerton já casada, Francesca, a condessa de Kilmartin. O livro mostra que o desenrolar da história se passa ao mesmo tempo que a de Colin e Eloise.

Infelizmente, após viver uma vida perfeita por três anos, ela ficou viúva antes de ter filhos. Agora, ela está longe da sua família e se sente solitária.

Porém, diferente do que pensa, Francesca não está sozinha. Ela tem um grande amigo, o primo de seu ex-marido, Michael Stirling.

Michael é apaixonado por ela desde que a conheceu em seu ensaio de casamento. Antes, ele era o mais famoso libertino de Londres, até que conheceu o amor da sua vida. Mas como ela estava para se casar com seu primo John, que ele considerava como seu irmão, nunca se declarou.

Agora, depois de quatro anos, Francesca Bridgerton está livre.

Embora o considere apenas como um amigo, tudo muda de repente. Depois de um inesperado encontro, Francesca passa a ver Michael com outros olhos e cai em seus braços. Assim, o seu desejo e paixão se tornam maiores do que a culpa.

Então, agora Stirling precisa mostrar que nenhuma pessoa poderá fazê-la mais feliz do que ele.

Esse sexto livro da ordem de leitura da série “Os Bridgertons” mostra que sempre é possível ter um final feliz, desde que estejamos dispostos para aproveitá-lo.

Por que você não aproveita para conferir nossa seleção com os melhores livros para jovens? Temos certeza que você vai gostar das indicações.

7. Um beijo inesquecível

O sétimo volume escrito por Julia Quinn da série “Os Bridgertons” foi “Um beijo inesquecível”.

Esse livro conta a história de amor de Hyacinth Bridgerton, a filha caçula de Violet. Diferente dos padrões da época, a jovem não se importa com a opinião dos outros, fala o que pensa e toma muitas iniciativas, além de ser bastante inteligente.

Apesar de estar na sua quarta temporada de eventos da elite de Londres, Hyacinth ainda não atraiu a atenção de nenhum pretendente.

Como é amiga da Lady Danbury, ela visita sua casa pelo menos uma vez por semana. Então, em um recital, a jovem Bridgerton conhece Gareth St. Clair, o atraente neto de sua amiga.

Apesar de sua fama de libertino, Gareth consegue manter uma conversa apropriada com ela, o que por vezes a deixa com um frio na barriga e sem fala. Mas, ela decide resistir ao seu charme e encara cada palavra como um desafio que precisa responder à altura.

Certo dia, enquanto Hyacinth visita Lady Danbury, Gareth aparece com um diário misterioso da sua avó italiana que pode esconder segredos decisivos sobre o seu futuro. Daí a jovem se oferece para o ajudar a traduzir o texto.

Conforme eles passam cada vez mais tempo juntos, uma nova amizade começa a surgir. Então, além de discutir a tradução, logo eles passam a trocar confidências e até a quebrar algumas regras da sociedade.

Assim, Hyacinth e Gareth descobrem que as respostas que estão buscando podem ser encontradas um no outro e que nada pode ser tão complicado e tão simples quanto um beijo!

8. A caminho do altar, um dos melhores livros da série da autora Julia Quinn

“A caminho do altar” é o oitavo e último romance de “Os Bridgertons”. Nele a escritora nos apresenta Gregory Bridgerton, o filho mais novo de Violet.

Assim como seus sete irmãos e seus pais, Gregory quer se casar por amor e espera se apaixonar à primeira vista pela mulher da sua vida.

Mas, embora seja um romântico, o jovem não tem muito a oferecer em um casamento segundo os padrões da época. Afinal, ele não tem nenhum título e sua herança não é tão significativa.

Então, em uma festa organizada por sua cunhada, ele conhece Hermione Watson, a mulher mais bela que já conheceu. Porém, ela já está noiva e o ignora.

Por sorte, a melhor amiga de Hermione, Lucinda Abernathy, não acredita que o noivo dela seja uma boa escolha. Logo, ela se coloca à disposição para ajudar Gregory a conquistar sua amiga.

Contudo, conforme eles se aproximam para executar seu plano, eles percebem que se completam. Assim, aos poucos Lucinda começa a se apaixonar pelo Bridgerton mais novo, mesmo sabendo que está prometida pelo seu tio a um homem que não conhece.

Será que Gregory vai perceber antes que seja tarde demais que ela é a mulher certa para ele?

Sem dúvida, nesse livro é possível ver claramente a diferença entre a paixão e o amor.

9. E viveram felizes para sempre, o último livro da série

Por fim, o último livro da ordem de leitura da obra de Julia Quinn é “E viveram felizes para sempre”. Esse volume lançado em 2013 é um compilado de contos que dá um final para as histórias dos oito irmãos Bridgertons.

Depois de ler os últimos oito livros, muitos fãs começaram a perguntar à autora sobre o que aconteceu com os personagens depois do fim dos livros. Por exemplo:

  • Simon finalmente leu as cartas do seu pai?
  • Michael e Francesa tiveram filhos?
  • Finalmente Hyacinth achou os diamantes?
  • O que aconteceu com os enteados e Eloise?

Por isso, Julia Quinn decidiu escrever no nono volume da série.

Além disso, nesse volume de “Os Bridgertons”, a autora finalmente nos apresenta a história de amor de Violet Bridgerton, a matriarca da família.

Livros de Julia Quinn sobre Lady Whistledown

Além dos nove livros da série de livros “Os Bridgertons”, Julia Quinn, junto a três outras escritoras famosas de romances de época, também lançou dois livros sobre Lady Whistledown, a personagem responsável por criar um jornal de fofocas sobre a elite de Londres.

Veja mais detalhes a seguir.

Nada Escapa a Lady Whistledown

Nesse livro, lançado em 2003, nós encontramos quatro contos sobre as revelações de Lady Whistledown a respeito dos acontecimentos mais quentes da temporada de bailes de 1913.

São eles:

  1. “Um amor verdadeiro”
  2. “Dois corações”
  3. “Uma dúzia de beijos”
  4. “Trinta e seis dias de São Valentim”

Lady Whistledown Contra-Ataca

“Lady Whistledown Contra-Ataca” também possui quatro contos curtos sobre a temporada de eventos de Londres de 1816. São eles:

  1. “O primeiro beijo”
  2. “A última tentação”
  3. “O melhor dos dois mundos”
  4. “O único para mim”

Agora que você já sabe a ordem de leitura da série de livros “Os Bridgertons”, escolha o seu favorito e comece a ler hoje mesmo!

Milhares de Livros em Promoções Diariamente na Amazon! Se você ama ler, não pode perder.