As 100 Melhores HQ (DC Comics, Marvel, Vertigo e mais)

Você sabia que “Watchmen”, de Alan Moore e Dave Gibbons, está no top 100 das  melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos? É o que consta na Comic Book Resources, site norte-americano sobre HQ.

A lista divulgada é o resultado de uma enquete promovida pelo site e votada pelos próprios leitores fãs de super-heróis.

Além da graphic novel “Watchmen”, você encontra os títulos de Frank Miller, como “Batman – ano um” e “Batman – o cavaleiro das trevas”, além da sombria HQ “Maus – a história de um sobrevivente”, de Art Spiegelman.

Mas nem todos os melhores quadrinhos estão na lista da Comic Book. Por isso, resolvemos trazer as melhores HQs, mesmo que algumas delas não estejam no top 100 da revista norte-americana.

Então, se você está apenas começando no mundo do Ploft! Bang!, já vai anotando quais as primeiras histórias em quadrinhos você vai iniciar sua leitura. Vamos à lista!

As 100 melhores HQs de super-heróis de todos os tempos

Para a nossa gloriosa lista de HQs, vamos fazer um pequeno resumo dos primeiros 25 melhores quadrinhos.

Então, para o alto e avante!

1. Watchmen, de Alan Moore e Dave Gibbons, abrindo a lista das melhores histórias em quadrinhos

livro watchman

“Watchmen” é uma graphic novel diferenciada de outras HQs de super-heróis da DC Comics. Escrita por Alan Moore com a arte de Dave Gibbons, “Watchmen” foge da visão de que as histórias em quadrinhos são para o público infanto-juvenil. Ledo engano!

Alan Moore subverte essa ideia ao trazer o “Watchmen” mais adulto para a DC Comics, com uma narrativa que permeia entre o bem e o mal nos próprios super-heróis.

Isto é, os personagens são gente como a gente, e fica fácil se aproximar deles. Eles estão sempre a um passo da violência, lutando contra os próprios medos, enquanto brigam contra uma ameaça ao planeta Terra. Nas entrelinhas, fãs consideram um repúdio à sociedade americana e seus torpes valores morais.

Mas, se eles vigiam e patrulham os Estados Unidos, quem vigia os vigilantes? “Who watches the watchmen?”.

Eis a grande pergunta que atravessa a história.

2. Batman – ano um, de Frank Miller e David Mazzucchelli

livro batman ano um

Se você já conhecia o Batman, mas não sua história a fundo, nós sugerimos a leitura da HQ “Batman – ano um”, do gênio quadrinista Frank Miller e ilustração de David Mazzucchelli.

Trata-se da origem do cavaleiro das trevas repaginada e escrita de forma incrível para os apaixonados pelas aventuras do homem-morcego.

Inclusive, foi a partir dessa HQ, que o filme “Batman: begins”, de Christopher Nolan teve a sua inspiração.

Sendo assim, você vai se deparar com um Bruce Wayne antes de sua fama como vigilante de Gothan City. É uma excelente leitura para os aficionados pelo cavaleiro das trevas. Não à toa, figura entre as 10 melhores HQs de super-heróis da Comic Book Resources.

Para melhor experiência, a editora Panini Comics traz para “Batman – ano um” uma edição com mais de 20 páginas de estudos sobre o personagem, esboços, e outras coisas legais.

3. Batman – o cavaleiro das trevas, de Frank Miller e Klaus Janson

livro batman o cavaleiro das trevas

Considerada uma das mais importantes HQs de todos os tempos, “Batman – o cavaleiro das trevas” veio antes de “Batman – ano um”, e trouxe uma narrativa mais pesada para a DC Comics.

Nessa história em quadrinho, também escrita por Frank Miller e originalmente intitulada “The dark knights returns” (1986), nós encontramos um Bruce Wayne velho e cansado.

No entanto, o homem-morcego precisa voltar à ativa o quanto antes como justiceiro, porque o crime não para em Gothan City!

Você pode conferir a edição de “O cavaleiro das trevas” pela Panini Comics, que traz a edição definitiva, em capa dura.

Aliás, é aventura que você quer? Então, é aventura que você vai ter! Confira nossa seleção com excelentes livros de aventura aqui.

4. Batman – a piada mortal, de Alan Moore, Brian Bolland e John Higgins

livro batman a piada mortal

Os fãs de HQs do Batman já estavam acostumados com a trajetória do homem-morcego, muito bem contada por Frank Miller e Dave Gibbons. Contudo, faltava esmiuçar a história de um dos maiores vilões (ou seria anti-herói?) de todos os tempos da DC Comics: Coringa!

“A piada mortal”, de Alan Moore e arte de Brian Bolland, conta a história de um comediante que tem seu dia de fúria e é levado à loucura. É um prato cheio para quem ama conhecer a construção de um personagem como Coringa, uma criatura das trevas, porém, icônica.

Afinal, por que tão sério?

5. All star superman, de Grant Morrison e Frank Quitely

livro all star superman

Nessa HQ de Grant Morrison e arte de Frank Quitely, nos deparamos com um Superman encarando a dura realidade: seus últimos dias. Afinal, ninguém é de ferro, a não ser o Tony Stark!

Piadas a parte, Grant Morrison traz boas referências à Era de Prata nesse quadrinho “All star superman” (“Grandes astros superman” aqui no Brasil).

A HQ foi publicada em 2006 em forma de minissérie com 12 edições, e pode ser encontrada pela Panini Comics, em versão definitiva e capa dura.

6. Crise nas infinitas terras, de Marv Wolfman, George Perez, Dick Giordano e Jerry Ordway

livro crise nas infinitas terras

O clássico da DC Comics para colecionador! Se você é extremamente fã de histórias em quadrinhos, já deve ter ouvido falar da “Crise nas infinitas terras”, de Marv Wolfman.

Esse clássico reúne os super-heróis famosos ou não, ajudando a recriar o Universo DC.

Na história, o semidivino Monitor convoca superseres de diversos mundos para enfrentar uma ameaça a todas as realidades. Mas toda luta requer sacrifícios, e em “Crise nas infinitas terras” isso se torna o auge das HQs.

“Crise nas infinitas terras” também está entre as 10 melhores HQs da Comic Book e pode ser comprada na versão deluxe da Panini Comics.

7. Reino do amanhã, Mark Waid e Alex Ross, grande destaque entre as melhores HQ

livro reino do amanha

Uma das HQs tidas como clássicas sobre a história do Superman é “Reino do amanhã”, de Mark Waid e Alex Ross. Na sinopse, o Homem de Aço se afasta da humanidade após Coringa matar sua amada Lois Lane.

Entretanto, Superman precisa voltar à ativa por causa de uma nova e grande crise, com o intuito de guiar a comunidade heroica. Isso inclui todos os heróis que surgiram durante o isolamento do Superman.

O quadrinista Mark Waid trouxe para “Reino do amanhã” um enredo tão fascinante quanto às artes gráficas de Alan Ross. Os detalhes impressionantes carregam easters eggs, que somente um fã apaixonado pelo Universo DC e da cultura pop poderia perceber.

8. Lanterna Verde – a guerra dos anéis, de Geoff Johns e Dave Gibbons

livro lanterna verde

Outra história em quadrinhos de super-heróis da DC Comics para você acompanhar é “Lanterna verde – a guerra dos anéis”.

Escrita por Geoff Johns e Dave Gibbons, com os gráficos de Ivan Reis, Patrick Gleason e Ethan Van Sciver, a HQ mostra o embate entre o Lanterna Verde Sinestro e a tropa lendária dos Lanternas Verdes.

Sinestro foi banido do grupo lendário após usar o anel, e agora usa tais poderes para montar um exército e enfrentar a tropa da qual fez parte um dia.

Sua missão é levar ordem a um cosmo caótico, mas para isso toda a civilização precisa estar de joelhos. E quem poderia deter Sinestro e sua obsessão em criar uma nova ordem universal? Somente a tropa dos Lanternas Verdes!

Portanto, é hora de embarcar nesse quadrinho e se deparar com vilões poderosos, aliados ao Sinestro, como Antimonitor e Parallax.

9. DC: a nova fronteira, de Darwyn Cooke, destaque entre as excelentes HQs

livro dc a nova fronteira

Um novo Universo DC Comics escrito pelo excepcional quadrinista Darwyn Cooke. Em “DC: a nova fronteira”, Cooke aborda as origens dos principais super-heróis da DC Comics, unindo-os em histórias contemporâneas com as clássicas HQs.

Dessa forma, podemos esperar heróis se envolvendo em política, e o Superman e Batman se posicionando em lados opostos.

Além disso, os fãs encontram ilustrações belíssimas, que revelam uma América em expansão, enquanto os super-heróis encaram um século XX problemático.

10. Superman – o que aconteceu ao homem de aço?, de Alan Moore, Curt Swan, George Perez, e mais

livro superman o que aocnteceu ao homem de aco

Mais uma HQ de super-heróis para a nossa lista dos melhores quadrinhos da DC Comics. Afinal, é claro que na nossa lista não poderia faltar a HQ “Superman – o que aconteceu ao homem de aço?”, do lendário Alan Moore, não é mesmo?

Aqui, há uma pergunta que precisa ser respondida: como o Superman vai terminar? Se você sempre teve essa curiosidade, Alan Moore te responde nessa história em quadrinho que reúne mais duas histórias. São elas:

  • A linha da selva: mostra o encontro entre o Superman e o monstro do pântano
  • Para o homem que tem tudo: história que aborda a fraqueza do Superman — além da kryptonita — no dia do seu aniversário

11. “A saga da fênix negra”, de  Chris Claremont, John Byrne and Terry Austin

livro a saga da fenix negra

Quem é fã do “X-men” já conhece “a saga da fênix negra” e como ela tem um importante papel no Universo Marvel.

Escrita por Chris Claremont, John Byrne e Terry Austin, “A saga da fênix negra” aborda a aventura dos X-men em outra galáxia, trazendo a Fênix como a hospedeira de Jean Grey.

Com isso, Jean obtém superpoderes para encarar qualquer missão. No entanto, ela é ameaçada por Shiars, uma raça alienígena perigosa que pretende controlar sua mente e atingir, dessa forma, seus objetivos mais malignos.

Com a mente corrompida, Jean se transforma na Fênix negra e ameaça o universo. Não resta alternativa, então, para os X-men, a não ser sacrificá-la para salvar o mundo.

12. X-men: dias de um futuro esquecido, de Chris Claremont, John Byrne e Terry Austin

livro xmen dias de um futuro esquecido

A HQ “X-men: dias de um futuro esquecido” é considerada a melhor história de mutantes do Universo Marvel Comics, por isso, não pode ficar de fora da sua lista favorita.

A história em quadrinhos de Chris Claremont, John Byrne e Terry Austin foi adaptada para o cinema, com Hugh Jackman interpretando Wolverine, e Jennifer Lawrence como a Mítica.

Na história, os Sentinelas ameaçam a vida humana, e cabe aos X-men deter esse perigo e salvar a existência na Terra.

E por falar em Jennifer Lawrence, a estrela da trilogia “Jogos vorazes”, outra adaptação literária para o cinema, você pode também gostar da nossa publicação sobre a ordem correta dos livros de “Jogos vorazes”. Confira aqui!

13. Guerra civil, de Mark Millar, Steve McNiven e Dexter Vines

livro guerra civil

O memorável embate entre o Homem de Ferro e Capitão América levados ao cinema teve origem na HQ “Guerra civil”, de Mark Miller, Steve McNiven e Dexter Vines.

Depois da ação desastrosa de um grupo de super-heróis jovens, acarretando centenas de mortos, o governo local toma uma decisão: monitorar os vingadores.

Para isso, decide adotar um registro de superseres, sendo fortemente aceito por um grupo liderado por Tony Stark (Homem de ferro). Por outro lado, a medida não agrada nem um pouco o grupo comandado pelo Capitão América. Portanto, a guerra civil está declarada!

14. Vingadores: sob ataque, de Roger Stern, John Buscema e Tom Palmer

livro vingadores sob ataque

Muitos fãs de “Vingadores” consideram “Sob ataque” uma das melhores histórias em quadrinhos dos heróis mais poderosos da terra — e com razão!

Os autores resolveram colocar os heróis sob um ataque devastador!

Liderado por Barão Zemo, os Mestres do Terror vão com tudo para cima dos vingadores nessa HQ dos anos 80, e você, como fã, precisa ler esse quadrinho para ontem!

15. Demolidor: born again, de Frank Miller e David Mazzucchelli

livro demolidor born again

Batizada aqui no Brasil como “A queda de Murdock”, a saga “Born again” pode ser chamada de retorno triunfante de Frank Miller à revista “Daredevil” (“Demolidor”).

É que após um tempo fora, Miller retornou como roteirista de “Daredevil” ao lado de David Mazzucchelli, fazendo o “Demolidor” ser um grande sucesso novamente.

Em “Born again”, a queda e ascensão de Murdock são bastante exploradas, revelando um super-herói enfraquecido, vivendo no limite, até buscar a ascensão.

Toda sua queda e ruína foram motivadas por Karen Page, a mulher que trocou o segredo do herói por uma dose de heroína.

“Trocou o segredo do herói por uma dose de heroína”. Vamos deixar que vocês reflitam sobre isso.

Aproveitando o gancho, você também pode se interessar pelas melhores sagas de livros.

16. Sandman: estação das brumas, de Neil Gaiman, Kelley Jones, Dick Giordano, e outros

livro sandman estacao das brumas

Neil Gaiman, um dos maiores escritores de fantasia contemporâneo, presenteou seus fãs com um quadrinho adulto. Sim, amigos e amigas, “Sandman” é uma história em quadrinhos de horror e fantasia que não foi feita para crianças.

Em “Estação das brumas”, por exemplo, Neil Gaiman revela como o livre arbítrio pode ser uma prisão imposta por nós mesmos.

A história nos conduz ao inferno, guiado por Morpheus, que desce até as trevas para resolver uma pendência do passado.

Além de Morpheus e Lúcifer (personagem que não pode faltar no inferno), “Sandman” também traz Odin, Thor e Loki, da mitologia nórdica, e os representantes da Ordem e do Caos.

Que tal conhecer, também, nossa lista com os melhores livros de fantasia?

17. V de vingança, de Alan Moore e David Lloyd

livro v de vinganca

Em uma Inglaterra entregue ao fascismo, nem todos estão dispostos a viver em um regime autoritário. “V de vingança” é uma obra-prima de Alan Moore, ilustrada por David Lloyd, que se passa em uma realidade alternativa sob um regime totalitário.

A história em quadrinho desnuda o fascismo, que controla a mídia, mantém uma polícia secreta e até campos de concentração. Situações presentes também no livro “Origens do totalitarismo”, de Hannah Arendt.

O monitoramento com câmeras, visto em “1984”, de George Orwell, também aparece na Inglaterra dominada por esse tipo de regime.

“V de vingança” foi publicada pela primeira vez em 1982, já teve o selo da editora Vertigo da DC Comics, Globo e, atualmente, Panini.

18. A saga Elektra, de Frank Miller e Klaus Janson

livro a saga elektra

A história da mulher sedutora, porém mortífera ganha espaço aqui em nossa lista das melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos. Trata-se de “A saga Elektra”, escrita pelo gênio Frank Miller.

Elektra é uma mercenária assassina mas também já foi namorada de ninguém menos que Matt Murdock antes dele decidir ser o “Demolidor”.

Apesar de ser considerada uma vilã, Elektra tem sentimentos ambivalentes, traços de alguma humanidade, enquanto mata por dinheiro…

19. “Gótico americano”, de Alan Moore, Stephen Bissette, Rick Veitch, Tom Mandrake e outros

livro gotico americano

É a quinta vez que mencionamos Alan Moore nessa lista de melhores HQs, mas é inevitável, entenda.

Em “Gótico americano” conhecemos John Constantine, o centro do arco dessa HQ. Na sinopse, a crise nas infinitas terras está sendo usada por uma magia sul-americana, que promove todo tipo de onda maligna ao redor da América.

Cabe a Constantine, então, manipular o monstro do pântano, também escrito por Alan Moore, com o objetivo de combater as ameaças.

O arco das histórias de “Gótico americano”, portanto, envolve a saga “Monstro do Pântano”

20. A saga das trevas eternas, de Paul Levitz, Keith Giffen e Larry Mahlstedt

livro a saga das trevas eternas

Imagine um mundo de ciência e tecnologia, envolvido pela paz e pela luz. Isso é possível, pelo menos para Paul Levitz, Keith Giffen e Larry Mahlstedt. Eles são responsáveis pela nova era dos Grandes Clássicos DC Comics: “Legião dos super-heróis – a saga das trevas eternas”.

A história nos leva para o século 30, onde tudo parece seguir de forma harmoniosa, graças à Legião dos super-heróis, jovens aventureiros e os melhores de sua espécie.

Mas como a paz parece incomodar, os heróis se veem diante de um mal secular e precisam encarar seu maior desafio.

21. Homem-Aranha – a última caçada de Kraven, de J.M. DeMatteis, Mike Zeck e Bob McLeod

livro homem-aranha a ultima cacada de kraven

Você achou que íamos deixar de fora uma HQ do Homem-Aranha? Achou errado!

“A última caçada de Kraven”, de J.M. DeMatteis, Mike Zeck e Bob McLeod é uma das melhores HQs de todos os tempos, segundo fãs mais ávidos.

Aqui, Peter Parker terá um trabalho e tanto, pois Kraven, sabendo que vai morrer, está disposto a tudo para provar que é melhor que o Homem-Aranha!

“A última caçada de Kraven” é sombria, aborda temas pesados, por isso, não é recomendada para crianças.

22. A trilogia de Galactus, de Warren Ellis

livro a trilogia de galactus

Não poderíamos fazer essa lista de melhores HQs sem mencionar o trabalho fantástico de de Warren Ellis.

“A trilogia de Galactus” é o arco das histórias do “Quarteto fantástico”, e traz a aparição de Galactus, o devorador de mundos, e do Surfista Prateado.

Nessa HQ, o Surfista chama a atenção por onde passa com sua prancha metálica, atravessando a galáxia Andrômeda.

Os skrulls se apavoram com a aparição, uma vez que onde o Surfista Prateado está, é sinal de que seu mestre Galactus não está longe.

“A trilogia de Galactus” ocupa a 19ª posição no ranking da revista Comic Books e está presente no volume 1 do “Quarteto fantástico”.

23. A nova ordem mundial, de Grant Morrison, Howard Potter e John Dell

livro a nova ordem mundial

Uma das melhores histórias em quadrinhos da Liga da Justiça também é uma das primeiras sagas de Grant Morrison à frente da equipe.

“A nova ordem mundial” (“New world order”, em inglês) traz um confronto entre a Liga da Justiça e os Marcianos Brancos.

A luta, tanto física quanto mental (incluindo um jogo de manipulação da opinião pública), mostra como os famosos heróis da DC Comics conseguem ser versáteis.

24. Os novos titãs: o contrato de judas, de Marv Wolfman, George Perez, Dick Giordano e Mike DeCarlo

livro novos titas o contrato de judas

Os quadrinhos não eram conhecidos como histórias mais sombrias e maduras, até o lançamento de “O contrato de judas”. Escrito por Marv Wolfman, com ilustração de George Perez, “O contrato de judas” faz parte do arco de histórias de “Novos titãs”.

Aqui, Dick Grayson se torna o Asa Noturna, e o Exterminador se revela um tremendo de um estrategista, o grande vilão do grupo “Novos titãs”.

É através dessa HQ que a DC Comics se deu conta de que histórias como “A morte do Superman” seriam muito bem recebidas.

Afinal, as crianças de outrora estavam crescendo e não poderiam consumir mais as mesmas tramas sem nenhuma reviravolta ou impacto.

25. Maus: a história de um sobrevivente, de Art Spiegelman

livro maus

De todos dessa lista, essa não é uma história sobre super-heróis. Escrita por Art Spiegelman, “Maus: a história de um sobrevivente” é um holocausto em quadrinho, ganhador do Prêmio Pulitzer.

Essa HQ apresenta a história de Vladek Spiegelman, judeu polonês que sobreviveu ao campo de concentração nazista. Seu relato forte nos é descrito pelas mãos de seu filho, Art, nas páginas em preto e branco.

Além disso, os animais representando os personagens do campo de concentração nazista (judeus foram desenhados como ratos e, nazistas, como gatos) dão o tom severo e perturbador da época do holocausto.

A propósito, “Maus” significa ratos em alemão e sua história comovente, como já mencionado, levou o prestigioso Prêmio Pulitzer de Literatura. Inegavelmente, um clássico de sucesso estrondoso!

A lista de melhores HQ continua!

  • 26. A era do apocalipse, de Scott Lobdell, Mark Waid, e outros
  • 27. X-Men: E de extinção, de Grant Morrison, Frank Quitely e Tim Townsend
  • 28. Deus ex-machina, de Grant Morrison, Chas Truog, Doug Hazlewood, e outros
  • 29. Quarteto fantástico, de Stan Lee e Jack Kirby
  • 30. Crise de identidade, de Brad Meltzer, Rags Morales e Michael Bair
  • 31. Ultimates 2, de Mark Millar, Brian Hitch e Paul Neary
  • 32. Infinity gauntlet, de Jim Starlin, George Perez, Rom Lin  e Joe Rubinstein
  • 33. Sandman: the doll’s house, de Neil Gaiman, Mike Dringerberg e Malcolm Jones III
  • 34. Preacher: all in the family, de Garth Ennis e Steve Dillon
  • 35. O retorno de Barry Allen, de Mark Waid, Greg Larocque e Roy Richardson
  • 36. The long halloween, Jeph Loeb e Tim Sale
  • 37. A morte de Gwen Stacy, de Gerry Conway, Gil Kane e John Romita
  • 38. Lanterna verde: renascimento, de Geoff Johns, Ethan Van Sciver e Prentis Rollins
  • 39. A pintura que comeu Paris, de Grant Morrison, Richard Case e John Nyberg
  • 40. Liga da justiça: a era obsidiana, de Joe Kelly
  • 41. Massacre mutante, de Chris Claremont, Louise Simonson, Walt Simonson, John Romita Jr., e outros
  • 42. A saga surtur, de Walt Simonson
  • 43. Hush, de Jeph Loeb, Jim Lee e Scott Willians
  • 44. Dangerous habits, de Garth Ennis, Will Simpson e Scott Pennington
  • 45. Guerras secretas, de Jim Shooter, Mike Zeck, Bob Layton, John Beatty
  • 46. Batman r.i.p, de Grant Morrison, Tony Daniel e Sandu Florea
  • 47. Homem-aranha: a morte de Jean deWolff, de Peter David e Rick Buckler
  • 48. Astro city: confession, de Kurt Busiek, Brent Anderson e Will Blyberg
  • 49. We3: instinto de sobrevivência, de Grant Morrison e Frank Quitely
  • 50. Vingadores para sempre, de Kurt Busiek, Roger Stern Carlos Pacheco e Jesus Merino
  • 51. From hell, de Alan Moore e Eddie Campbell
  • 52. Sandman: the kindly ones, de Neil Gaiman, Marc Hempel, Richard Case, e outros
  • 53. No man’s land, de Greg Rucka, Devin Grayson, Alex Maleev, Dale Eaglesham, entre outros
  • 54. Autoridade, de Warren Ellis, Bryan Hitch e Paul Neary
  • 55. Pecados do pai, de James Robinson, Tony Harris e Wade Von Grawbadger
  • 56. A Saga korvac, de Jim Shooter, Roger Stern, David Michelinie, George Perez, Sal Buscema, David Wenzel e Pablo Marcos
  • 57. Batman: knightfall, de Doug Moench, Chuck Dixon, Jim Aparo, e outros
  • 58. Homem-aranha: de volta ao lar, de J.M. Straczynski, John Romita Jr. e Scott Hanna
  • 59. A saga magus, de Jim Starlin, Al Milgrom e Steve Leialoha
  • 60. A Game of you, de Neil Gaiman, Colleen Doran, Shawn McManus, Bryan Talbot, entre outros
  • 61. Aniquilação, de Keith Giffen, Dan Abnett, Andy Lanning, e outros
  • 62. Unmanned, de Brian K. Vaughan, Pia Guerra e Jose Marzan Jr.
  • 63. Soldado invernal, de Ed Brubaker, Steve Epting, Michael Lark e Michael Perkins
  • 64. Vingadores: guerra kree/skrull, de Roy Thomas, Neal Adams, Sal Buscema e John Buscema
  • 65. Homelands, de Bill Willingham, Mark Buckingham e Steve Leialoha
  • 66. Punho de Ferro Imortal, de Ed Brubaker, Matt Fraction, David Aja, Travel Foreman, e outros
  • 67. Faith in monsters/caged angels, de Warren Ellis e Mike Deodato
  • 68. Demolidor: hardcore/king of hell’s kitchen, de Brian Michael Bendis e Alex Maleev
  • 69. High society, de Dave Sim
  • 70. A liga extraordinária, de Alan Moore e Kevin O’Neill
  • 71. Top 10 season 1, de Alan Moore, Gene Ha e Zander Cannon
  • 72. A morte do veloto, de Jaime Hernandez
  • 73. Igreja e estado, de Dave Sim e Gerhard
  • 74. Marcha dos soldados de madeira, de Bill Willingham, Mark Buckingham e Steve Leialoha
  • 75. Welcome back, Frank, de Garth Ennis e Steve Dillon
  • 76. Arma x, de Barry Windsor-Smith
  • 77. Doom patrol, de Grant Morrison, Richard Case e outros
  • 78. Archer & armstrong, de Fred Van Lente e Cleyton Henry
  • 79. The umbrella academy, de Gerard Way e Gabriel Bá
  • 80. Planetary, de Warren Ellis e John Cassaday
  • 81. Os escravizadores, de Garth Ennis, Leandro Fernandez e Scott Koblish
  • 82. Blood of palomar, de Gilbert Hernandez
  • 83. The great cow race, de Jeff Smith
  • 84. Amor e morte, de Alan Moore, Stephen Bissette e John Totleben
  • 85. Jimmy Corrigan, smartest boy on earth, de Chris Ware
  • 86. A vida e os tempos de Scrooge McDuck, de Don Rosa
  • 87. Scott Pilgrim – contra o mundo, de Bryan Lee O’Malley
  • 88. A morte do Capitão América, de Ed Brubaker, Steve Epting, e outros
  • 89. Flash, de Mark Waid
  • 90. Batman e Robin, de Grant Morrison
  • 91. Mulher-Maravilha, de Brian Azzarello e Cliff Chiang
  • 92. Doom patrol: crawling from the wreckage, Grant Morrison, Richard Case, Carlos Garzon e Scott Hanna
  • 93. Punisher: the slavers, Garth Ennis, Leandro Fernandez e Scott Koblish
  • 94. Batman: first tale of the demon, de Denny O’Neil, Neal Adams, Bob Brown, Irv Novick e Dick Giordano
  • 95. Marvels, de Kurt Busiek e Alex Ross
  • 96. Sleeper season 1, de Ed Brubaker e Sean Phillips
  • 97. Sins of the father, de James Robinson, Tony Harris e Wade Von Grawbadger
  • 98. Planet Hulk, de Greg Pak, Gary Frank, Aaron Lopresti e Carlo Pagulayan
  • 99. Final crisis, de Grant Morrison, JG Jones, Doug Mahnke, e outros
  • 100. Who killed retro girl?, de Brian Michael Bendis and Michael Avon Oeming

Gostou da nossa lista com as 100 melhores histórias em quadrinho?

Pode ser que tenhamos deixado escapar algumas de suas histórias em quadrinhos favoritas, mas uma coisa é certa: com essa lista, já dá para iniciar a leitura e apreciar os excelentes trabalhos da DC Comics, Marvel ou Vertigo.

Agora que você já conferiu as melhores HQs, que tal mergulhar nos melhores livros de todos os tempos? Boa leitura!

Milhares de Livros em Promoções Diariamente na Amazon! Se você ama ler, não pode perder.