Os 30 Melhores Livros de Todos os Tempos

melhores livros de todos os tempos

Fazer uma lista dos melhores livros de todos os tempos, não é tarefa fácil.

Afinal, a escolha de quais são os melhores livros, é sempre muito individual.

Mas, englobamos na nossa lista não só grandes obras-primas da literatura mundial, como também vencedores do nobel de literatura, em uma lista de 30 livros, que fazem parte da história da literatura não só brasileira, como de vários outros países ao redor do mundo. Confira!

#1

Cem anos de solidão
Gabriel Garcia Marquez

 

Ver Preço ➞

 

#2

Guerra e paz
Liev Tolstói

 

Ver Preço ➞

 

#3

Dom Quixote De La Mancha
Miguel De Cervantes

 

Ver Preço ➞

 

#4

Orgulho e Preconceito
Jane Austen

 

Ver Preço ➞

 

#5

Crime e Castigo
Dostoievski

 

Ver Preço ➞

 

#6

O Senhor dos Anéis
J.R.R. Tolkien

 

Ver Preço ➞

 

#7

Divina Comédia
Dante Alighieri

 

Ver Preço ➞

 

#8

Moby Dick
Herman Melville

 

Ver Preço ➞

 

#9

O Grande Gastby
F. Scott Fitzgerald

 

Ver Preço ➞

 

 

Quais são os Melhores Livros de Todos os Tempos?

A tabela acima não ajudou o suficiente e você quer detalhes sobre cada obra, para ter certeza que esse é o livro ideal para você?

Não tem problema. Confira uma rápida resenha sobre cada livro selecionado entre os 30 melhores de todos os tempos.

1. Cem Anos De Solidão

livro cem anos de solidao

Gabriel García Márquez está presente em todas as listas de melhores livros de todos os tempos, uma vez que seu estilo é único. O autor, inclusive, ganhou o prêmio Nobel De Literatura em 1982.

Em Cem Anos De Solidão, lançado em 1969, um dos poucos livros da nossa lista lançados no século 20, Gabriel García Marquéz conta a história do vilarejo fictício de Macondo, narrando a história da família Buendía.

Muitos acreditam que o Gabriel García Márquez baseou-se na sua própria terra natal para escrever Cem Anos de Solidão. Já outros acreditam ser apenas uma das grandes histórias de ficção de todos os tempos.

De todo jeito, o livro já foi traduzido e lido por milhões de pessoas ao redor do mundo, sendo considerado um dos livros mais lidos e traduzidos, ocupando o primeiro lugar na literatura da América Latina.

Embora a repetição de nomes próprios no livro possa gerar a impressão de uma história cíclica, Gabriel García Márquez busca justamente esse efeito, para retratar os problemas na América Latina.

2. Guerra e paz

livro guerra e paz

O livro de Liev Tolstói narra as guerras e seus efeitos na população russa, avaliando-se o que se ganha e o que se perde durante uma batalha.

Guerra e Paz narra eventos históricos do século XIX, que causam grande impacto na população e que servem de pano de fundo para o desenrolar da história.

3. Dom Quixote De La Mancha

livro dom quixote de la mancha

Obra escrita por Miguel de Cervantes Y Saavedra, Dom Quixote foi escolhida em 2002 como a melhor obra de ficção de todos os tempos.

Miguel de Cervantes consegue apresentar em Dom Quixote uma história de forma realista, narrando o romance de cavalaria do protagonista.

O protagonista, de fato, já tem uma certa idade e ao lado do seu fiel escudeiro Sancho Pança, traz à cena uma sátira ao mundo fantasioso da cavalaria, comum em obras espanholas anteriores.

Por último, Dom Quixote relata as histórias vividas pelo protagonista, seu escudeiro e seu cavalo Rocinante, pelas regiões de La Mancha, Aragão e Catalunha, na Espanha.

4. Orgulho e Preconceito

livro orgulho e preconceito

Jane Austen é a autora de uma das mais bonitas histórias de amor, descrita com os hábitos e costumes da Inglaterra no início do século XIX.

A história é narrada em torno da família Bennet: a mãe procura desesperadamente casar suas famílias, mas a protagonista de Orgulho e Preconceito, Elizabeth Bennet, tem muita personalidade.

Assim, Elizabeth renuncia a uma proposta de casamento.

Por outro lado, sua irmã, Jane se apaixona pelo Sr. Bingley, embora seu melhor amigo, o Sr. Darcy, acredita que não há amor, somente interesse.

A história envolve o preconceito e o orgulho que dirige o relacionamento entre Elizabeth e Darcy, com maestria por Jane Austen.

Afinal, será que Elizabeth vai deixar o orgulho de lado, bem como Darcy também deixará ser guiado pelo amor?

5. Crime e Castigo

livro crime e castigo

A obra de Fiódor Dostoiévski é considerada um dos clássicos da literatura mundial. O livro conta a história de um assassino em busca de redenção.

Fiódor Dostoiévski consegue explorar, de maneira atemporal, as angústias e a psicologia dos personagens, fazendo com que o leitor também passe a se sentir como os elencados na história.

Angústia, revolta e compaixão vão acompanhar o leitor nesse livro, sobre a vida, até o final avassalador.

6. O Senhor dos Anéis

livro senhor dos aneis

 

Da nossa lista de melhores livros de todos os tempos, esse é um dos mais recentemente publicados.

A obra, em forma de trilogia de J. R. R. Tolkien se transformou em uma febre, sendo levada ao cinema e conquistando inúmeros fãs.

A narrativa conta a história da luta contra o mal, na Terra Média, contra os Orques, envolvendo Humanos, Elfos, Anões, Ents e Hobbits, para que o anel do poder não retorne ao Senhor Sombrio.

O Senhor Dos Anéis é considerado uma obra-prima da literatura atual, pela sua descrição fantástica de personagens e do ambiente, em um mundo de fantasia e ficção.

Trata-se de uma obra épica, que inclusive, pela primeira vez, propõe o estudo de nova língua (Klingon), falada por parte dos seus personagens, tornando-se inclusive como referência em outros filmes e séries.

7. Divina Comédia

livro a divina comedia

O livro de Dante Alighieri retrata o Inferno, o Purgatório e o Paraíso, com poema épico, sendo considerado um dos melhores livros de todos os tempos e um dos maiores clássicos da literatura mundial.

O livro conta a história do caminho que deve ser percorrido por um pecador, a caminho de Deus, seguindo o caminho do bem, da ética, mas, ao mesmo tempo, sendo tentado pelo mal.

8. Moby Dick

livro moby dick

Obra de Herman Melville é um dos maiores clássicos da literatura. Moby Dick consta a história do marinheiro Ishmael, testemunha da obsessão do capitão Ahab pela baleia que dá nome ao livro.

O personagem principal menciona que por mais que a ciência se desenvolva, o mar continuará perigoso. Além diss, se lamenta que o homem tenha perdido o temor pelo mar, fazendo uma reflexão às profundezas da alma humana.

Herman Melville faz uma análise sobre a vida, com o embate final entre os navegantes e a baleia deixado somente para o final da história.

9. O Grande Gatsby

livro o grande gatsby

Escrito pelo novelista americano F. Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby conta a história focada nos Estados Unidos ao final da Primeira Guerra Mundial, quando o Jazz dominava a cena.

Nesse cenário dos Estados Unidos, Gatsby é um milionário que dá frequentes festas, mas que ninguém questiona de onde vem sua fortuna.

Scott Fitzgerald descreve a admiração humana pelos ricos e a pouca curiosidade de onde vem tanta riqueza, como falha humana.

Gradualmente, a narrativa vai mostrando a principal razão das festas de Gatsby e como a simples investigação de um jornalista e de alguns personagens, pode dar um fim trágico a toda esse enredo.

10. Madame Bovary

livro madame bovary

Livro de Gustave Flaubert, Madame Bovary foi inspirado em uma história real de um suicídio de uma mulher de um oficial na Normandia após um caso de traição.

O livro foi considerado uma obra-prima de Gustave Flaubert, que retrata a história de uma esposa de um oficial que, entediada, se envolve com vários homens.

O autor, inclusive, foi levado aos tribunais, na época, pela sua narrativa chocante para os padrões do final do século XIX. Ao final do processo, ele foi absolvido.

Considerado um dos melhores livros da história da literatura, é o símbolo máximo do realismo francês.

Vale ressaltar que recomendamos Madame Bovary na lista de livros de romance.

11. Anna Kariênina

livro anna karienina

Também conhecido com Anna Karenina, o livro de Tolstói recebeu elogios dos também famosos autores Vladimir Nabokov (que o considerou a impecável mágica do estilo Tolstói) e William Faulkner, que afirmou essa ser “o melhor romance já escrito”.

Anna Karenina é uma aristocrata russa czarista, que entediada pela vida que tem, inicia um caso extra-conjugal com o oficial Vronsky.

É o retrato das escolhas de Anna Karenina e do seu desequilíbrio emocional, bem como a sociedade lida com o enredo contado.

Por ser um dos melhores livros de todos os tempos, o enredo também já foi transformado em filme.

12. Frankenstein de Mary Shelley

livro frankenstein

Pela primeira vez na literatura, a ficção científica surge, nas páginas do terror gótico Frankenstein, escrito pela autora inglesa Mary Shelley.

Quem não conhece a história do estudante que cria em seu próprio laboratório um monstro chamado Frankenstein?

O livro foi escrito no início do século XIX e publicado com algumas revisões, uma vez que na primeira edição não foi dada o crédito à autora.

Autores clássicos de suspense e thrillers como Stephen King já afirmaram que a obra é um dos melhores livros do gênero de todos os tempos.

13. Dom Casmurro

livro dom casmurro

Nossa lista de melhores livros de todos os tempos, não poderia estar completa sem uma obra-prima da literatura brasileira, escrita por Machado de Assis.

Afinal, houve traição por parte de Capitu com Escobar?

Ou será que o personagem principal, Bento Santiago, só é um personagem inseguro, com baixa auto-estima e que cria em sua mente todo um enredo que nunca existiu?

Machado de Assis escreveu Dom Casmurro deixando no ar a questão e várias análises já foram feitas sobre a obra.

Considerada um dos melhores livros do autor brasileiro, Dom Casmurro consegue aliar a maneira única do autor escrever, bem como dar a versão somente do marido em relação ao comportamento da esposa.

Portanto, vale lembrar que todo retrato moral, feito somente pela visão de um personagem, nunca é preciso.

14. Lolita

livro lolita

O livro de Vladimir Nabokov já foi transformado em filme e tem um tema bastante polêmico: o interesse de um homem de meia-idade, o professor Humbert Humbert, pela jovem Dolores Haze, de apenas 12 anos.

O envolvimento dos dois, inclusive sexual, fez com que essa obra virasse um clássico um tanto quanto controverso da literatura.

O nome do livro, inclusive, virou sinônimo de situações semelhantes na realidade, quando uma garota muito jovem desperta a atração de um homem mais velho.

15. A montanha mágica

livro a montanha magica

Thomas Mann venceu o nobel de literatura em 1929 e essa é considerada sua obra-prima. É um “romance de formação”, ou Bildungsroman, pelos alemães.

Um romance de formação é uma obra literária que descreve a formação completa de um personagem, desde sua tenra idade até a fase adulta.

Nesse livro, o personagem principal é Hans Castorp ou “nosso herói”, como descreve Thomas Mann na obra.

O personagem visita um primo com tuberculose no sanatório de Davos na Suiça e acaba ficando mais tempo do que o previsto, quando manifesta os sintomas de tuberculose.

Então, o livro é narrado com as reflexões e os sentimentos do personagem principal, com os pensamentos que se contrapunham na Europa do início do século XX.

16. Metamorfose de Franz Kafka

livro a metamorfose

Considerada uma das melhoras obras da literatura do século XX, Metamorfose mostra o estilo único e inconfundível de Franz Kafka.

No enredo da obra mais lida e estudada de Franz Kafka, está a narrativa do caixeiro viajante Gregor Samsa, o qual abandona suas vontades próprias e decide pagar a dívida dos pais.

Porém, em uma manhã acorda como um inseto, vítima de uma metamorfose.

17. O sol é para todos

livro o sol e para todos

Um dos melhores livros de todos os tempos, To Kill A Mockingbird, foi escrita por Harper Lee, publicado em 1960 e foi vencedor do prêmio Pullitzer.

Quando publicado, foi um sucesso instantâneo e considerado um dos melhores livros do século XX.

Narrado pela filha do advogado, Scout, o enredo trata do racismo, injustiça e como a sociedade americana lidava com esses temas na década de 30.

No enredo, um homem negro é acusado de estuprar uma mulher branca e um advogado o defenderá perante à justiça e à comunidade da época.

18. As aventuras de Huckelberry Finn de Mark Twain

livro as aventuras de huckleberry finn

O livro trata de como ser um bom ser humano e é um dos livros mais lidos e apreciados para o público infantil na literatura norte-americana.

Aventurado em Mississípi, estado norte-americano, que possui um grande rio com o mesmo nome do estado, os amigos Tom Sawyer e Huckelberry Finn vão enfrentar diversas aventuras nesse cenário.

19. Middlemarch

livro middlemarch

Livro escrito por Mary Ann Evands, sob o pseudônimo de George Eliot, que adotou esse pseudônimo em homenagem ao marido.

A Inglaterra produziu excelentes autoras, de diferentes estilos, tais como Jane Austen, as irmãs Charlotte e Emily Brönte e Virginia Woolf, defensora e admiradora declarada da autora de Middlemarch.

Virginia Woolf, inclusive, tinha a opinião que tanto George Eliot quanto Jane Austen eram autoras que se interessavam pelas personalidades únicas de seus personagens.

Podemos dizer que a base do feminismo, com mulheres fortes e empoderadas, estão nos livros dessas autoras.

Middlemarch se passa na cidade fictícia do mesmo nome do livro na Inglaterra rural do início do século dezenove.

Nesse cenário, há a transmissão de um quadro detalhado das relações humanas, sobretudo as relações amorosas e o casamento, na época.

20. On the road por Jack Kerouac

livro on the road

Considerado o grande representante do movimento Geração beat, o livro influenciou toda uma geração de grandes artistas americanos, tais como Bob Dylan, Jim Morrisson, Lou Reed e Win Wenders, por exemplo.

O livro, considerado a melhor obra de Jack Kerouac, conseguiu livrar a literatura norte-americana das amarras europeias, trazendo o som na prosa, antes de qualquer outro romancista de sua geração.

As frases do livro têm rimas envolventes, quase que como uma prosa jogada, em meio à fluidez do texto.

É considerado, de fato, “a bíblia de uma geração”.

21. Oliver Twist, de Charles Dickens

livro oliver twist

Charles Dickens foi um dos grandes romancistas da era Vitoriana, com diversos clássicos da literatura.

Dentre suas obras, tais como David Copperfield, Grandes Esperanças e Oliver Twist, Dickens traz diferentes histórias, abordando temas como a sociedade inglesa na época.

Em Oliver Twist, um órfão vive diversas situações, sendo esse o primeiro romance inglês protagonizado por uma criança.

O livro trata de temas pesados como agressões a crianças e a miséria da sociedade.

22. Por Quem Os Sinos Dobram

livro por quem os sinos dobram

Considerada a obra mais importante de Ernest Hemingway, Por Quem Os Sinos Dobram retrata o estilo do autor, que é uma das personalidades mais emblemáticas da literatura mundial.

Ernest Hemingway participou da Primeira Guerra Mundial, aos 19 anos e cobriu a Guerra Civil Espanhola.

Teve uma vida bastante tumultuada em relação ao amor e pôs ele mesmo fim à sua própria vida, cometendo suicídio.

No livro Por Quem Os Sinos Dobram, Ernest Hemingway conta a história do dinamitador americano Robert Jordan, que vai para implodir uma ponte e ajudar os republicanos contra os fascistas na Guerra Civil Espanhola.

Antes do momento da explosão, ele conhece alguns personagens e todos vão se alinhando conforme o enredo evolui.

O livro, de fato, mostra que a unidade é mais importante que o individual e que todos lutam e morrem por um bem maior.

23. Romeu e Julieta

livro romeu e julieta

O clássico de William Shakespeare já foi contado no cinema em mais de uma versão e é considerada uma das maiores histórias de amor de todos os tempos.

A trágica narrativa dos jovens de Verona, pertencentes às famílias rivais Montéchio e Capuleto tem seu final já conhecido.

Mas, é essencial que você discorra pelas linhas e enredo na bela Verona, dessa linda história.

William Shakespeare narra com beleza ímpar as cenas nas quais Romeu e Julieta retratam a força de seu amor, bem como a pouca importância a ser dada a seus respectivos sobrenomes.

Além disso, William Shakespeare se tornou um dos maiores nomes da literatura mundial, em função de obras como essa e outras, tais como Hamlet, por exemplo.

Vale a pena ler a obra original e poder compará-la com as demais desse fantástico autor.

24. Enquanto Agonizo de William Faulkner

livro enquanto agonizo

William Faulkner foi vencedor do prêmio Nobel de literatura e autor de diversas obras. Enquanto Agonizo foi eleito um dos 100 melhores livros em inglês do século XX.

A história de uma simples e humilde família sulista norte-americana é narrada, ao passo que a matriarca morre e tem como desejo final ser enterrada em Jefferson, ao lado de seus parentes.

A família, composta pelo marido e pelos cinco filhos, parte com o caixão para cumprir o último desejo da matriarca.

Enquanto isso, a viagem faz com que inúmeros acontecimentos, bem como reflexões e flashbacks permeiem a narrativa.

25. Em Busca do Tempo Perdido

em busca do tempo perdido

Obra de Marcel Proust, Em Busca Do Tempo Perdido é composta por sete volumes, sendo que três foram publicados após a morte de Marcel Proust.

O tema principal nessa obra é a homossexualidade, apresentando o tema como complexo e multifacetado, ao invés de se ligar a conceitos estereotipados e preconceitos.

Outros temas, como a crueldade e a doença física, também são tratados nessa obra.

26. Os Miseráveis de Victor Hugo

livro os miseraveis

Obra que já foi transformada em grandes óperas e filmes, Lés Miserábles, de Victor Hugo, tornou-se uma das melhores obras clássicas da literatura mundial.

Temas como injustiça, fome, sitiadas na França do século XIX, são narradas na história de Jean Valjean.

O livro retrata como poucos a desigualdade social, bem como a miséria e o trabalho para melhorar a sociedade na totalidade.

Considerada uma das 100 melhores obras da literatura francesa, o livro mantém-se atual com a profundidade que trata os temas.

27. O Conto da Aia

livro o conto da aia

Obra da canadense Margaret Atwood, conta a história de uma fictícia nação na qual não existe imprensa, não existe advogados, pois os habitantes não têm direito à defesa.

A liberdade é completamente cerceada e cidadãos considerados criminosos são fuzilados e seus corpos pendurados em praça pública.

Esse destino cruel é reservado, sobretudo, para as mulheres.

De fato, no livro, as mulheres são divididas em categorias, cada um com funções específicas.

O livro, publicado em 1985, ganhou mais destaque internacional, após a eleição de Donald Trump ao governo norte-americano.

Margaret Atwood traz em O Conto Da Aia uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade, direitos civis, liberdade e preconceitos em um mundo não tão distante de nossa realidade.

28. A Revolução Dos Bichos de George Orwell

livro a revolucao dos bichos

George Orwell escreveu A Revolução Dos Bichos, que trata sobre poder.

No enredo, os bichos de uma granja se revoltam contra seus donos. Mas, o que parece uma ideia interessante acaba gerando uma opressão e tirania ainda maior para todos.

Quando se pensa em História Mundial, o livro escrito pelo Socialista George Orwell satiriza ferozmente a ditadura stalinista na época.

O livro virou arma do Ocidente contra o comunismo, usado como panfleto ideológico.

29. A Letra Escarlate

livro a letra escarlate

Livro que também foi transformado em filme, A Letra Escarlate, escrito por Nathaniel Hawthorne, conta como uma mulher é julgada e condenada perante a sociedade da época.

A heroína Hester Prynne lida com a criação do seu filho, fruto do adultério, sozinha, com a sociedade que a condena, bem como proteger o segredo sobre seu amante.

É uma narrativa emocionante sobre a resiliência feminina e paixão humana.

30. O Apanhador No Campo de Centeio

livro o apanhador no campo de centeio

A obra de J. D. Salinger já vendeu mais de 65 milhões de cópias no mundo todo.

No enredo, o jovem Holden Caufield é expulso da escola que estudo, devido a notas ruins e terá que enfrentar seus pais mais cedo, durante o inverno.

Antes desse encontro, o rapaz faz reflexões sobre a sua vida e sobre todos que adentram seu caminho.

Considerado um dos melhores livros do século XX, o livro mostra a dura estrada que muitos jovens devem perseguir para conseguir terem uma voz no mundo.

Aliás, o autor penetra de forma intensa no mundo dos jovens. É importante mencionar que há décadas atrás, antes da internet e de redes sociais, os jovens não tinham direito à qualquer menção ou opinião mais respeitada.

E é justamente nesse universo que J. D. Salinger consegue mergulhar com profundidade, sendo um dos melhores livros que envolvem essa temática.

Como Escolhemos Os Livros?

Conseguir separar 30 melhores livros de todos os tempos foi uma tarefa árdua.

Escolhemos livros que possuem ótimas avaliações em sites como a Amazon, bem como grande impacto em virtude da história que contam ou o estilo que demonstram.

Como a escolha é sempre bastante individual, se tivéssemos que escolher os 100 melhores livros de todos os tempos, ainda assim, teríamos dificuldades por ter que deixar grandes obras-primas de fora da lista.

E então? Gostou da nossa lista? Há algum desses títulos que você ainda não leu? Qual foi o seu favorito? Deixe seu feedback!

Milhares de Livros em Promoções Diariamente na Amazon! Se você ama ler, não pode perder.